Período escolar aumenta a incidência de diarreia viral em crianças

Para algumas crianças à volta as aulas é sinal de atenção quando se pensa em saúde e bem-estar. O convívio constante de muitas crianças no mesmo local aumenta a incidência de viroses, como por exemplo, a diarreia viral – doença gastrointestinal que mais acomete crianças em idade escolar, seguida de alergia alimentar.

“Crianças com baixa imunidade, com o hábito de levar objetos sujos à boca também apresentam mais propensão a essas doenças”, diz Thiago Gara, gastropediatra do Hospital e Maternidade São Luiz Anália Franco.

Febre, vômito, diarreia e sinais de desânimo são os principais sintomas das diarreias virais. Em caso de febres persistentes e diarreias intensas a atenção dos pais deve ser dobrada para evitar uma desidratação séria e outras comorbidades associadas. O tratamento é simples: hidratação, alimentação leve e uso de medicamentos sintomáticos, como analgésicos com recomendação do pediatra.

As alergias alimentares que mais acometem as crianças são decorrentes do consumo de peixes e frutos do mar, soja, amendoim e derivados. Crianças com até um ano de idade também podem ser alérgicas a proteína do leite de vaca. De acordo com Thiago Gara, diarreia, dor abdominal e sangue nas fezes são os principais sintomas das alergias alimentares. “O aleitamento materno exclusivo até, pelo menos, os seis meses de vida do bebê, os protegem ainda mais das doenças gastrointestinais”, explica o especialista.

Hospital São Luiz nas redes sociais:
Blog do São Luiz com a Saúde: http://blog.saoluiz.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/HospitalSaoLuiz
Twitter:twitter.com/

Fonte: HD Comunicação

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.