Cineclube Sesi em outubro exibe filmes de Richard Fleischer

O eclético diretor americano Richard Fleischer vai ser o tema no Cineclube Sesi durante o mês de outubro. Todas as quintas-feiras do mês, sempre às 19h30, o Centro Cultural Sistema Fiep possibilita que o público confira as exibições de “Um Sábado Violento,” (no dia 01/10), “Vikings, Os Conquistadores” (08), “Estranha Compulsão” (15), “O Homem que Odiava as Mulheres” (22) e “No Mundo de 2020” (29). A entrada é gratuita.
Filho do diretor de animações Max Fleischer, Richard passou a se interessar por Artes Dramáticas só após completar seus estudos em Medicina. “Eclético, transitou pelos mais diversos gêneros e condições de produção, chegando a assinar séries de filmes B, compilações de filmes mudos e documentários premiados”, explica o curador do Cineclube Sesi e integrante do Coletivo Atalante, Miguel Haoni.
As exibições dos filmes acontecem na Sala Multiartes do Centro Cultural Sistema Fiep (Av. Cândido de Abreu, 200, Centro – Curitiba – PR) e são seguidas de debates. A entrada é franca com vagas limitadas por ordem de chegada. Mais informações pelo site www.sesipr.org.br/cultura.
Serviço:
Cineclube Sesi – Ciclo Richard Fleischer
Local: Centro Cultural Sistema Fiep – Sala Multiartes – Av. Cândido de Abreu, 200 – Centro Cívico – Curitiba/PR
Datas e horários: quintas-feiras, às 19h30
Ingresso: gratuito
01/10 – “Um Sábado Violento”, de Richard Fleischer (90 minutos). Classificação indicativa: 14 anos.
Sinopse: Uma quadrilha de ladrões assalta um banco de uma pequena cidade mineira.
08/10 – “Vikings, Os Conquistadores”, de Richard Fleischer (114 minutos). Classificação indicativa: 14 anos.
Sinopse: Einar (Kirk Douglas) e Eric (Tony Curtis) são meio-irmãos. Um é o príncipe e herdeiro do trono inglês; o outro é o filho bastardo da de um selvagem viking.
15/10 – “Estranha Compulsão”, de Richard Fleischer (103 minutos). Classificação indicativa: 14 anos.
Sinopse: Na Chicago de 1924, dois jovens ricos se consideram intelectual e moralmente superiores à sociedade.
22/10 – “O Homem que Odiava as Mulheres”, de Richard Fleischer (116 minutos). Classificação indicativa: 14 anos.
Sinopse: Na década de 1960 uma série de mortes envolvendo jovens mulheres coloca a polícia em alerta.
29/10 – “No Mundo de 2020”, de Richard Fleischer (96 minutos). Classificação indicativa: 14 anos.
Sinopse: Em 2022 a face da Terra está bem modificada. Em Nova York há 40 milhões de habitantes e o efeito estufa aumentou muito a temperatura, deixando o calor ficar quase insuportável.
(kelly@flammacomunicacao.com.br)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.