Curta-metragem paranaense é finalista do Prêmio Brasil de Cinema Infantil

O curta-metragem “A Escola de Ensino Fenomenal” – produção da Parabolé Educação e Cultura – é um dos três finalistas do 8º PRÊMIO BRASIL DE CINEMA INFANTIL na categoria histórias curtas. A premiação, que será anunciada no dia 9 de setembro, no Rio de Janeiro, faz parte do Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI). 
O filme concorreu com outros 167, sendo que um júri composto por 50 crianças do Cineclube Gigóia, da capital fluminense, nomeou os nove melhores curtas-metragens da competição, divididos em histórias animadas, histórias curtas e mostra teen. Os vencedores de cada categoria receberão o troféu Prêmio Brasil de Cinema Infantil e o Prêmio Afinal Filmes no valor de R$ 7.000,00 em serviços de finalização.  
 “O FICI é um dos festivais de cinema mais importantes do Brasil. Estar entre os finalistas desse prêmio é bastante significativo, pois adotamos o audiovisual recentemente como uma das nossas frentes criativas. Esse tipo de produção é um dos modos pelos quais nos comunicamos com as crianças e expressamos a nossa visão de mundo e de infância”, afirma Nélio Spréa, diretor do filme e da Parabolé. 
Além de ser uma das indicadas ao prêmio, a produção paranaense será exibida, de 4 de setembro a 1º de novembro, na rede Cinemark de seis capitais brasileiras: Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Niterói, Aracaju e Natal. Longas-metragens de várias partes do mundo também farão parte dessa programação. 
Sinopse do filme
Na escola de ensino fenomenal, a criatividade não encontra barreiras. Fifi, o diretor, é doutor em ciências lúdicas e faz das brincadeiras seu principal canal de comunicação com as crianças. Não há limites à inventividade nos pátios, corredores e salas de aula. Está aberta a temporada dos jogos de mãos! Alunos, professores e funcionários descobrem que a escola é também espaço de criação e celebração. Confira uma das cenas do curta “A Escola de Ensino Fenomenal” no link: https://www.youtube.com/watch?v=2oPVmkKKlPg&feature=youtu.be.
FICHA TÉCNICA
Direção: Nelio Spréa, Levi Brandão
Ano: 2014
País: Brasil
Duração: 10min
Classificação: Livre 
Painel “Um mundo melhor para os nossos filhos”
O Festival também conta com o 7º Fórum Pensar a Infância, dirigido por Carla Camurati e Carla Esmeralda. Nesse evento, os interessados poderão assistir ao painel “Um mundo melhor para os nossos filhos”. Nélio Spréa é um dos convidados para esse debate, que tem como objetivo contextualizar as diversas formas de comunicar para a infância. A plateia será formada por criadores, produtores e diretores de cinema e de televisão. “É sempre válido o esforço de pensar melhorias na qualidade de vida das crianças. Mas, primeiro, é necessário projetar o futuro e supor que as decisões tomadas hoje ajudam a definir os acontecimentos do amanhã. Ao concordar que a diminuição do consumo é condição para a qualidade de vida no futuro, temos que agir agora em nossas ações cotidianas e incluir as crianças em cada solução que dermos a isso. Elas, tendo agido assim na infância, não abrirão mão do conhecimento adquirido”, comenta Spréa. Para ele, todos os esforços que visem à transformação do mundo e que pretendam ser efetivos e duradouros devem, portanto, incluir as crianças. 
SERVIÇO:
Premiação do 8º PRÊMIO BRASIL DE CINEMA INFANTIL
Dia 9 de setembro, às 17h30
Local: Espaço Oi Futuro do Flamengo (Rua Dois de Dezembro, 63), Rio de Janeiro (RJ). 
Painel “Um mundo melhor para os nossos filhos”
Dia 9 de setembro, às 11h.
Local: Espaço Oi Futuro do Flamengo (Rua Dois de Dezembro, 63), Rio de Janeiro (RJ). 
******************************************
O arte- educador Nélio Spréa participa do 7º Fórum Pensar a Infância
Nélio Spréa, arte-educador e diretor da Parabolé Educação e Cultura, é um dos convidados para participar do painel “Um mundo melhor para os nossos filhos”, realizado no dia 9 de setembro, no Rio de Janeiro. O objetivo do evento é debater sobre as diversas formas de comunicar para a infância. A plateia será formada por criadores, produtores e diretores de cinema e de televisão. O painel faz parte do 7º Fórum Pensar a Infância, dirigido por Carla Camurati e Carla Esmeralda, e também integra o 8º Prêmio Brasil de Cinema Infantil.  
O curta-metragem “A Escola de Ensino Fenomenal” – produção da Parabolé Educação e Cultura – é um dos três finalistas desse prêmio na categoria histórias curtas. A premiação, que será anunciada no dia 8 de setembro, também no Rio de Janeiro, faz parte do Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI). O filme concorreu com outros 167, sendo que um júri composto por 50 crianças nomeou os nove melhores curtas-metragens da competição, divididos em histórias animadas, histórias curtas e mostra teen. Os vencedores de cada categoria receberão o troféu Prêmio Brasil de Cinema Infantil e o Prêmio Afinal Filmes no valor de R$ 7.000,00 em serviços de finalização.
(simone@pautaeideias.com.br)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.