Economia e negócios entram na pauta de discussão do 11° Colóquio de Moda

Depois de três dias de debates, palestras, exposições, networking e lançamento de mais de 23 livros, o Colóquio de Moda encerra sua 11a edição neste sábado, 5 de setembro, em Curitiba, falando de negócios. A mesa-redonda “Democratização da Moda e o Mercado de Luxo no Brasil” é debatida por João Braga, Carlos Ferreirinha e Luis Tadeu Dix, às 10h, na Universidade Positivo.


Considerado um dos principais e mais requisitados consultores da América Latina, Carlos Ferreirinha é formado em Administração de Empresas e atua nas áreas de marketing, vendas e comunicação. Foi presidente da Louis Vuitton para a América Latina no Brasil por 12 anos e diretor de marketing no Brasil da Eletronic Data Systems. Em 2001, fundou a MCF consultoria. Entre seus clientes estão marcas como Swarovski, Tiffany, Nextel e Samsung.


João Braga é formado em Artes Plásticas e Educação Artística, pós-graduado em História de Indumentária, mestre em História da Ciência, e é especialista em História da Moda pela Escola de Moda de Paris. Autor de “Um Século de Moda”, “História da Moda no Brasil” e “Cultura e Elegância”, já ministrou diversos cursos sobre a história e o mercado da moda. Já Luis Tadeu Dix é mestre em comunicação, consultor e professor, diretor da LTD Serviços para Manter Clientes. Ministra módulos de Negócios da Moda no SENAC-SP e São José dos Campos e é consultor de empresas ligadas ao mercado da moda. Já trabalhou como gerente de produtos e gerente de planejamento de comunicação em empresas de setores variados.


Organizado pelo curso de Design da Escola de Comunicação e Negócios da Universidade Positivo, em parceria com a Associação Brasileira de Estudos e Pesquisa em Moda (ABEPEM), o 11° Colóquio de Moda teve início na quarta-feira, 2. O encerramento do evento, às 19h, é marcado pela conferência internacional “Moda e Saúde: a Relação Entre Roupa e Corpo”, com a designer italiana Nanni Strada, famosa por suas vertentes minimalistas, ligadas ao desenho industrial, e por seu costume de ir contra as tendências do mercado.Inscrições e mais informações estão no site do Colóquio:www.coloquiomoda.com.br.

Sobre a Universidade Positivo – A Universidade Positivo (UP) concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece 54 cursos de Graduação (30 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 24 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão. Em Curitiba, a UP conta com três campus: Ecoville, que ocupa uma área de 424,8 mil metros quadrados, Praça Osório, no centro da cidade, e Mercês – Catarina Labouré, este último dedicado ao curso de Enfermagem. Lançou, em 2013, seu programa de Educação à Distância, com dezenas de polos em todo o país. Segundo as avaliações do Ministério da Educação, é considerada uma das dez melhores universidades privadas do Brasil.

(centralpress@presskit.com.br)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.