Escolas Associadas da Unesco se reúnem em Curitiba para analisar desafios da Cidadania Planetária

Representantes de 300 escolas brasileiras que participam do Programa de Escolas Associadas (PEA) da Unesco no país se reunirão em Curitiba, de 30 de setembro a 2 de outubro, para analisar os desafios da formação de uma Cidadania Planetária. Esse é o principal tema do 21º Encontro Nacional do PEA-Unesco, que será realizado pela primeira vez na capital paranaense.
A noção da Cidadania Planetária baseia-se na visão unificadora de uma sociedade mundial. Ela compreende um conjunto de princípios, valores, atitudes e comportamentos universais, para que todas as pessoas possam perceber a Terra como uma única comunidade e possam atuar no cuidado e manutenção do planeta. O desafio estratégico do PEA-Unesco é fazer com que as suas escolas possam ajudar de forma efetiva na construção dessa Cidadania Planetária.
Durante o 21º Encontro Nacional do PEA-Unesco, as escolas participantes trocarão experiências de práticas pedagógicas de sucesso sobre a temática central do evento. Além disso, fazem parte da programação conferências com palestrantes como Demétrio Magnoli (Pensar o planeta, pensar a cidadania global), César Nunes (Educar em valores, em tempos de globalização), Jaime Troiano (Marcas sem propósito são marcas sem alma. E a Unesco com isto?) e Sílvio Meira (Tecnologia e globalização: por um mundo sem fronteiras). O encontro terminará com a apresentação dos temas e projetos do PEA-Unesco no Brasil para 2016.
Esta é a primeira vez que Curitiba recebe o Encontro Nacional do PEA-Unesco no Brasil. A escola anfitriã será o Colégio Opet, um dos 11 colégios do Paraná que fazem parte do Programa. O evento é organizado conjuntamente pela coordenadora nacional do programa, professora Myriam Tricate, e pela coordenadora regional no Paraná, professora Adriana Karam Koleski, superintendente do Grupo Opet.
Presente em 10 mil escolas de 181 países, o PEA foi criado no período pós Segunda Guerra para estender as ações da Unesco na Educação, área vista como investimento na prevenção de futuros conflitos mundiais. No Brasil, 300 escolas integram o programa, sendo 11 paranaenses: Opet, Bastos Maia, Bom Jesus, Positivo, Saint Germain, Nossa Senhora de Sion, Escola da Colina, Escola de Educação Especial São Francisco de Assis, Escola Magnus Domini, Escola Nilza Tartuce e St. James International School.
Segundo Adriana Karam, um dos desafios da coordenação regional é o de ampliar a adesão de novas escolas ao programa, em especial da rede pública. “Por isso, a realização do Encontro Nacional em Curitiba vai ser importante para dar mais visibilidade e divulgação ao Programa e as suas vantagens para as escolas locais. Atualmente, além de buscar ampliar o programa nas escolas públicas, nosso desafio é manter os colégios públicos associados e superar a troca de diretores, que muitas vezes significam o fim da adesão ao programa”, destaca.
A abertura oficial do 21º Encontro Nacional do PEA-Unesco no Brasil será realizada às 19 horas, do dia 30 de setembro, no Museu Oscar Niemeyer. As inscrições podem ser feitas pelo site www.peaunesco.org.br/encontro2015. O evento tem patrocínio da Editora Opet, da Itaipu Binacional, da Microsoft e da Fundação Odebrecht , e apoio da Geekie, Pais Atentos, Study Vacation, Grupo Polyndia e Colégio Bom Jesus.
Sobre o PEA
Com sede mundial em Paris (França), o Programa de Escolas Associadas da Unesco busca criar uma rede internacional de escolas que trabalhem pela ideia da cultura da paz, promovendo a qualidade na educação para todos, a busca de justiça, liberdade e desenvolvimento humano, além de formar crianças e jovens capazes de exercer uma Cidadania Global.
“Uma escola associada ao PEA está empenhada em desenvolver uma educação de qualidade, proporcionando atividades e trabalhos experimentais nas dimensões ética, cultural e internacional, desenvolvendo novas abordagens de ensino com uso de métodos e materiais eficazes”, pontua a professora Adriana Karam.
Sobre o Grupo Educacional Opet
Fundado em Curitiba (PR), em 1973, o Grupo Educacional Opet é referência na área da Educação por promover a prática do conhecimento por meio de novas tecnologias. A instituição possui uma estrutura organizacional completa que reúne Colégio, Faculdade, Pós-Graduação, Educação a Distância, Opetwork Escola de Profissões Editora, Gráfica e Instituto de Educação e Cidadania. O Grupo Opet acredita que o conhecimento colocado em prática é a maior ferramenta capaz de conquistar o futuro e valorizar o ser humano, por isso investe em educação e cidadania todos os dias
21º Encontro Nacional PEA-Unesco
Quando: de 30 de setembro a 2 de outubro de 2015
Onde: Hotel Bourbon (Rua Cândido Lopes, 102, Centro)
Abertura: 30 de setembro, às 19h, no auditório do MON (Museu Oscar Niemeyer)
Informações e inscrições: (11) 5685-1300 e www.peaunesco.org.br/encontro2015
sigecom.com.br 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.