Exame genético auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares

Um órgão vital, que trabalha sem parar enviando oxigênio e nutrientes pelo corpo. São mais de 70 mil litros de sangue bombeados por dia. Apesar de sua importância, o coração muitas vezes não recebe os cuidados necessários para se manter saudável. As doenças cardiovasculares, segundo a Organização Mundial da Saúde, são a principal causa de morte no mundo. No Brasil, uma em cada três mortes é causada por doenças cardíacas ou acidente vascular cerebral. “Grande parte dessas doenças poderiam ser evitadas com a adoção de uma dieta saudável, prática de exercícios físicos por pelo menos 30 minutos ao dia, redução do estresse e fim do tabagismo”, explica Marcos Kozlowski – bioquímico e responsável técnico do LANAC – Laboratório de Análises Clínicas.
Além dos maus hábitos, a genética é também um dos fatores determinantes para o surgimento das doenças cardiovasculares. Em função disso, pessoas com histórico de doenças cardíacas na família devem se submeter a exames preventivos regularmente. “Os mais comuns e são importantes para estimar o risco de problemas no coração são os exames de colesterol, HDL, LDL, triglicerídeos e glicose. Em um check-up mais completo, os exames de medicina personalizada são fundamentais”, conta o bioquímico.
Com a simples coleta de células da mucosa bucal ou de sangue é possível rastrear diversas variações genéticas que podem estar associadas às manifestações de problemas cardiovasculares, como a aterosclerose e a trombose venosa. O exame – denominado genética preventiva ou medicina personalizada – contribui para reduzir os riscos do indivíduo de desenvolver essas patologias e também permitem indicar qual o tratamento adequado para cada paciente.
Sobre o LANAC
Há 22 anos, o LANAC – Laboratórios de Análises Clínicas se diferencia por se manter, com orgulho, como empresa 100% paranaense. Hoje, o laboratório oferece mais de dois mil tipos de exames, além de coleta domiciliar e assessoria científica para médicos e conta com mais de 280 colaboradores. Recebe exames de 25 laboratórios, atuando como laboratório de apoio. A sede central, com 1.200 m², é o maior centro de análises clínicas de Curitiba. Além da sede central, o LANAC mantém outros trinta postos de coleta na cidade. A empresa participa de testes de proficiência do Controle Nacional de Qualidade da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, com nota excelente desde 1992 e mantêm a certificação ISO 9001/2008 atualizada desde 2004.
 <jornalismo@iemecomunicacao.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.