Incra reforça compromisso com educação no campo em encontro no Paraná

Termina hoje (04), no município de Cascavel (PR), o 7° Encontro Estadual dos Educadores da Reforma Agrária no Paraná (Enera). Durante três dias, cerca de 500 educadores da reforma agrária do estado estiveram reunidos para debater os atuais desafios em torno da educação pública brasileira. Representantes do Incra participaram dos debates.
“O Enera é o reflexo das conquistas conseguidas através da luta dos camponeses e do Incra e seus parceiros, visando universalizar a educação de qualidade dentro dos assentamentos, que hoje vai desde a ciranda infantil, passando pela escola itinerante, até cursos de especialização em Pedagogia do Campo”, pontua o superintendente regional do Incra no Paraná, Nilton Bezerra Guedes, que participou da abertura dos trabalhos.
O Incra atua nas ações de educação no campo através do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), que busca ampliar os níveis de escolarização formal dos trabalhadores rurais assentados e atua como instrumento de democratização do conhecimento no campo, ao propor e apoiar projetos de educação que utilizam metodologias voltadas para o desenvolvimento das áreas de reforma agrária.
Durante o Enera, os representantes do Incra buscaram a efetivação de novas parcerias e propostas de novos cursos para o público da reforma agrária no estado, além de buscar melhorias no fluxo dos convênios do Pronera que já estão em andamento.
Atualmente, estão em execução sete cursos pelo Pronera no Paraná, sendo: Escolarização de Jovens e Adultos Anos Iniciais e Anos Finais, Agroecologia Nível Médio, Graduação em Pedagogia e Especialização em Educação no Campo, atendendo cerca de 1.610 alunos. O valor total investido nestes cursos é de aproximadamente R$ 9,2 milhões.
São parcerias do Incra, por meio do Pronera, com a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) para um dos cursos de Pedagogia, EJA Anos Iniciais e Anos Finais, e Especialização em Educação no Campo; com a Universidade Estadual de Maringá (UEM) para curso de Pedagogia; Universidade Federal do Paraná (UFPR) para curso de Direito; e Instituto Federal do Paraná (IFPR) para o curso de Agroecologia Médio Integrado.

(ascom@cta.incra.gov.br)

Exibindo enera2.jpg

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.