Senac inova na educação durante a 17ª Bienal Internacional do Livro

Milhares de pessoas rumaram, neste fim de semana prolongado, para o Riocentro, o maior centro de convenções da América Latina. É lá que ocorre, desde o dia 3 de setembro, a 17ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. Em meio à multidão e aos milhões de livros, a imponente estrutura de 250 metros quadrados do Senac ganhou destaque.
O estande Senac foi projetado pelo arquiteto Marco Tirelli e tem como tema Inovação na Educação. Com estrutura modular, representa a ideia de construção do conhecimento e a educação como meio para a inovação, apontando o Senac como agente de excelência na educação profissional. O espaço recebeu grande número de visitantes no primeiro fim de semana da Bienal e as vendas de publicações dos centros editoriais da Instituição – Ceará,Distrito FederalRio de Janeiro e São Paulo, além das obras do Departamento Nacional – aumentaram significativamente: 34,7% em relação à edição passada da Bienal carioca.
Além do sucesso do estande, lançamentos editoriais da Instituição movimentaram o evento. Na sexta-feira (4), a estrela levada pelo Senac à área de lançamentos foi o quadrinista Maurício de Sousa. Homenageado em diversas ações da Bienal 2015 pelos 80 anos que completa em outubro, o pai da Turma da Mônica fez diferentes gerações disputarem as 70 senhas distribuídas para a sessão de autógrafos do livro Caderno de Receitas da Magali, fruto da parceria entre a Editora Senac São Paulo e a Maurício de Sousa Produções.
E não foram só anônimos que passaram pelo local para chegar perto de Maurício. O ícone teen da internet Christian Figueiredo, que também estava na Bienal para o lançamento do seu livroEu fico loko 2 – As histórias que tive medo de contar, não conteve a alegria ao conhecer o ídolo. Dono de um dos canais de vídeos mais acessados do YouTube (mais de 1,7 milhão de inscritos), o jovem de 20 anos se juntou aos fãs para "tietar" Maurício, que todo o tempo recebeu os visitantes com largo sorriso no rosto.
A ansiedade no sábado (5) foi pelo lançamento do livro Cozinha Prática, da chef Rita Lobo. A publicação, lançada pela Editora Senac São Paulo e a Panelinha, editora de Rita, foi a mais procurada nas prateleiras do Senac durante a Bienal. Mais de 500 pessoas estiveram na sessão de autógrafos com a autora, que transportou para as páginas o sucesso de seu programa na televisão. Seguindo o formato da tevê, o livro é um verdadeiro minicurso de culinária, com receitas e técnicas para deixar o dia a dia mais prático e saboroso, produzido.
A Bienal prossegue até o próximo domingo, 13 de setembro, das 9h às 22h (durante a semana; nos fins de semana a feira começa às 10h). Mais informações na página do evento.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu