TCP chega a marca de 10 mil navios atracados

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá inicia o mês de setembro com mais um número significativo para sua história: o navio de número 10.000 atracou no cais no início do mês. O número foi registrado 13 anos após o início das operações de atração de navios e mostra a capacidade crescente do Terminal que é o segundo maior terminal de contêineres da América do Sul.
O aumento na capacidade operacional da TCP fica evidente quando comparadas as características dos navios daquela época com os atuais: o MV MOL Columbus, primeiro navio operado pelo Terminal, com 245 metros de comprimento e 32 metros de boca, tinha capacidade para 3.000 TEUs (unidade de medida equivalente a contêineres de 20 pés). O MV MSC Naomi, o 10.000º, com 300 metros de comprimento e 48 metros de boca, tem capacidade para 8.800 TEUs.
“Para acompanhar a tendência mundial por navios cada vez maiores, a TCP investiu em constantes melhorias. Nos últimos anos, os investimentos foram intensificados com a ampliação do cais de atracação, que hoje conta com 879 metros, além da aquisição de modernos equipamentos como portêineres e transtêineres”, enfatiza Juarez Moraes e Silva, diretor Superintendente Comercial da TCP. Hoje, o Terminal está apto a receber, simultaneamente, até 3 navios de grande porte.
Os constantes investimentos para a ampliação do Terminal também resultaram no maior número de operações anuais de navios. Entre os meses de julho de 2002 e julho de 2003, foram registrados 577 navios atracados no Terminal. Entre julho de 2014 e julho de 2015, esse número saltou para 838.
No último mês de julho, o Terminal também registrou um número recorde na movimentação de contêineres, chegando a 77.035 TEUs/mês. “São bons números apresentados pela TCP nos últimos meses e que devem ser ainda melhores nos próximos anos, quando o Terminal colocará em prática o plano de investimentos de R$ 1,1 bilhão, o que vai aumentar ainda mais a capacidade operacional e técnica do Terminal”, enfatiza Moraes e Silva.
Sobre a TCP
A TCP é a empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá – segundo maior terminal de contêineres da América do Sul, e a empresa de serviços logísticos TCP Log.
Após receber investimentos de R$ 365 milhões, um dos maiores aportes privados do setor portuário brasileiro nos últimos anos, a TCP atualmente tem capacidade para movimentar 1,5 milhão de TEUs/ano, conta com 320 mil m² de área de armazenagem e oferece três berços de atracação, com extensão total de 879 metros, além de dolfins exclusivos para operação de navios de veículos.
A atuação do terminal é complementada pela TCP Log, que oferece serviços de integração da cadeia logística; como armazenagem, estrutura para carregamento e descarregamento de contêineres, pátio para contêineres e transporte do modal rodo ferroviário ao terminal em Paranaguá.
<ana.cunha@medialink.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.