1.º ID Fashion é sucesso de público

Evento de moda paranaense atrai mais de mil pessoas no Museu Oscar Niemeyer

fotos Valterci Santos 
Mais de 1,1 mil pessoas passaram pelo Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, na última quarta-feira (28) para conferir o primeiro dia do ID Fashion 2015. O evento que está movimentando o cenário da moda paranaense é uma iniciativa da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e acontece até esta quinta-feira (29). Ao todo, 17 marcas participantes mostram sua identidade.
Com uma proposta inovadora e democrática, o ID Fashion é aberto ao público. Para participar, basta se inscrever no site ou se credenciar no próprio evento. “Estamos muito felizes por todos poderem experimentar o universo fashion”, destaca Luciana Bechara, coordenadora do Conselho Setorial da Indústria do Vestuário da Fiep.
O ID Fashion tem uma programação que reúne desfiles de moda e exposição de marcas paranaenses, entre outras atividades, como o User Experience, que permite aos participantes conhecerem o processo de criação e construção de um produto de moda. No evento, os visitantes podem votar nas marcas preferidas, dando um feedback que irá eleger a “marca querida” do evento.
Mais informações no site http://www.idfashionpr.com.br/
1.º Dia (28/10)
NovoLouvre de Mariah Salomão Viana inaugurou o Catwalk do ID Fashion viajando de volta a 1996, o ano em que foi inaugurado o Memorial de Curitiba – confirmando o fetiche da marca por ícones e pontos turísticos da cidade. A estilista juntou a moda artesanal do tricô reaproveitado de coleções passadas com a tecnologia da estamparia digital, em que os moldes são riscados diretamente no tecido. Entre os tecidos, além do tricô reutilizado, malha e até seda. A paleta de cores oscilou entre o branco, preto e laranja. Mariah também juntou um shape mais estruturado com a leveza dos tecidos – por exemplo, camisetas mais leves com uma saia reta, mais estruturada. Propôs ainda uma linha índigo no lugar do jeanswear, substituindo o impacto ambiental da lavanderia pela assepsia da estamparia digital. Incluiu ainda uma homenagem à fotógrafa, designer e paisagista Janete Anderman, que assina a instalação que decora a sala de desfiles.
O segundo desfile da noite foi da Leveza do Ser. Com muita leveza e conforto, a marca curitibana de comfortwear investiu nos cortes e referências orientais, e brincou com os contrastes – equilíbrio e desequilíbrio, rígido e solto. Nessa linha, algumas peças da coleção trazem partes mais próximas ao corpo, e outras mais soltas e desestruturadas. Outras composições mesclam peças que remetem à alfaiataria complementadas por outras mais despojadas, com acabamentos mais rústicos. Modelagens amplas, tecidos macios como o moletom e a malha também deram o tom. A paleta de cores girou em torno do cinza, preto, marsala, tijolo e verde escuro, ocasionalmente quebrados por toques de cor.
Vale da Seda, em parceria com Enéas Neto, encerrou a programação do Catwalk no primeiro dia do ID Fashion. Nove dias depois de maravilhar o público do São Paulo Fashion Week no desfile de Ronaldo Fraga, a confecção de Maringá apresentou um desfile de altíssimo nível. Cinturas marcadas, saias amplas, alfaiataria misturada com peças mais desconstruídas e a seda em suas múltiplas versões – da finíssima musseline à rusticidade da fiação artesanal de O Casulo Feliz, complementados pelo tricô Renda Paraná, exclusividade do estado – marcaram a apresentação. Enéas preferiu manter as cores mais próximas ao cru, para valorizar o aspecto natural da seda.
2.º Dia (29/10)
16h às 17h30 – Curitiba Slow Fashion: Conversa sobre Moda
Camila Ferrari (Anima Trends) e Mariana Smolka (Curitiba Cool) comandam no Museu Oscar Niemeyer um bate-papo sobre Slow Fashion com marcas curitibanas independentes – como elas são influenciadas pelo cenário internacional e local, além da demonstração, exposição e as histórias de alguns produtos desenvolvidos pelas marcas.
18h30 – Desfile Abbici: Há mais de 20 anos no mercado de moda feminina, a marca curitibana tornou-se referência em qualidade e design em tricot, com peças sofisticadas, atemporais, práticas e democráticas. É conhecida pela capacidade de se reinventar a cada temporada, encontrando novas maneiras de traduzir as últimas tendências da moda para uma mulher atual, urbana, elegante, forte e intensa. Atualmente está presente em dois segmentos – coleção própria e Private Label, com desenvolvimento e fabricação de peças em tricot para grandes marcas nacionais.
19h30 – Desfile Six One: Marca de jeanswear estabelecida em Cianorte (PR), reconhecida nacionalmente como a Capital do Vestuário, tem como principal característica a personalidade, a qualidade e o conforto das criações assinadas pelos estilistas Rosana Ruiz e Junior Silva – que mantêm um olhar crítico sobre as tendências da moda. As peças são elaboradas com a ajuda de pesquisas que garantem o diferencial para os consumidores, e estão presentes em diversas multimarcas espalhadas pelo Brasil.
20h30 – Desfile Stooge: Fruto do Trabalho de Conclusão de Curso em Design de Moda na UEL da estilista londrinense Paty Oliveira, a Stooge vende suas criações desde 2009. Tem como conceito “fazer a diferença”, com base em peças femininas, masculinas e unissex que traduzam exclusividade, inovação e estilo. Desde 2012, convida artistas a criar estampas exclusivas e assinar coleções com a marca. Já participou da FFW Shop, na São Paulo Fashion Week, e também do Salão Bossa Nova, na Fashion Rio, em parceria com o Sebrae/PR e com o Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod).
21h30 – Desfile Ovelha Negra + Velvet Underwear: Criada em 2013  pela designer curitibana Maria Eduarda Malucelli, a Ovelha Negra tem como especialidade as lingeries de vanguarda, com recorte diferenciado, material tecnológico e modelagem que valoriza as formas naturais do corpo. Para atender ao consumidor masculino, tem uma parceria com a marca Velvet Underwear, comandada pela estilista curitibana Carolina Gritten. Criada em 2009, a Velvet é adepta do Slow Fashion e produz underwear fora do convencional.
ID FASHION 2015
FICHA TÉCNICA
Realização: Fiep (Conselho Setorial da Indústria do Vestuário do Paraná)
Coordenação Geral: Senai PR
Patrocínio Master: Sebrae PR
Patrocíno: Senai PR, Sesi PR e Correios
Sindicatos: Sindialfa, Sindicouro, Sinditêxtil, Sinditêxtil Londrina, Sivale, Sindiwest, Sinveste, Sindivest, Sivepar, Sindvest e Sinvespar.
Produção geral: Feito Produções/Coletivo Tangerina.
Parceiros: Museu Oscar Niemeyer, Anima Trends, Curitiba Cool, Produteca, Viver Bem – Gazeta do Povo, Senai Cetiqt, Abit, Sr. Garibaldi, Partiu Temaki, Sugar to Go, Inova Design, Prefeitura Municipal de Curitiba, VinilSul, Fábrica do Silk, R.Richter Representações, Haco e Stamp.
Equipe técnica:
·         Coordenadora do Conselho Setorial da Indústria do Vestuário da Fiep: Luciana Bechara
·         Coordenação Geral: Annelise Vaine Castelli
·         Gestão de Moda e Design: Ariane Novetti
·         Projeto e conceito: Ana Cris Willerding
·         Direção Artística: Daniel Sorrentino
·         Direção de Produção Estrutural: Max Leean
·         Coordenação User Experience: Edson Korner
·         Coordenação de Produção de Moda – Catwalk: Ana Cris Willerding
·         Produtor de Moda – Catwalk: Áldice Lopes
·         Equipe de Beauty – Catwalk: Patrícia Ferraz, Johne Timóteo, Jhonny Macartney
·         Coordenação de Camareiras – Catwalk: Eloá Xavier
·         Intervenção Artística: Janete Anderman
·         Intervenção Artística Parede: Alexandre Linhares
·         Lounge Desapego + Design: Studio Ambienta
·         Fotografia Lounge Bate-Papo: Iricelma Medina
·         Espaço Design: Tiago Curioni, 80e8
·         Sala Vip: Eduardo Ponzoni Dognini
Aline Cambuy

Mais fotos em http://www.idfashionpr.com.br/imprensa/galerias/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.