AB NOTÍCIAS PARANÁ

CAFÉ ESPECIAL
O Paraná é um dos destinos procurados por especialistas para obtenção de blends mistura de grãos diferentes de qualidade para fabricação de cafés especiais. Segundo a Associação Brasileira de Cafés Especiais, entidade de caráter nacional e internacional, 10% a 15% da produção de café paranaense já é destinada a este ramo do mercado. 
SAÚDE EM PAUTA
Desde 2011, o número de leitos de UTI disponíveis na rede pública de saúde em Curitiba e Região Metropolitana foi ampliado em 61%. Com o aumento, as Redes Paraná Urgência e Mãe Paranaense contam hoje com 810 leitos de UTI na capital e cidades do entorno, incluindo aqueles com serviços especializados para tratamento adulto, pediátrico, neonatal, coronariano e de queimaduras. 
AGRICULTURA FAMILIAR
A produção de batata tem sido uma alternativa de renda para o campo na região de Umuarama, no noroeste. Cerca de 40 toneladas do tubérculo deverão ser produzidas durante o ano de 2015 por pequenos agricultores que até então trabalhavam somente com o cultivo de hortifrutis. A expectativa é de que cada hectare gere uma renda bruta anual de até R$ 27 mil.
AVENTURA E VELOCIDADE
O Arrancadão de Tratores é uma das atrações de Maripá, no oeste paranaense, entre 14 e 15 de novembro. O evento contará com apresentações da equipe Trator Show com evoluções de alto nível e competições disputadas por tratoristas que competem pelas melhores colocações. Paralelamente, ocorrem atrações como baile musical que promete agitar o público com muito rock e música sertaneja.
NO SUDOESTE
Já está em funcionamento a nova linha de transmissão da Copel ligando as subestações Foz do Chopim e Salto Osório, no sudoeste do Paraná.  Operando em 230 mil volts (kV), a instalação tem 10 quilômetros de extensão e atravessa Quedas do Iguaçu e São Jorge do Oeste. O investimento no projeto foi de R$ 10 milhões – valor que inclui também a adequação das subestações para entrada do novo circuito. 
CONGRESSO NACIONAL
Acontece em Cascavel, oeste do Estado, o Encontro de Tecnologia Radiológica do Oeste do Paraná entre 15 e 16 de novembro. O evento é de referencia nacional e internacional na área radiológica, considerado um dos maiores do Brasil. A programação traz apresentações de trabalhos, painéis, palestras e demonstrações práticas das ações.
FAUNA PROTEGIDA
O Paraná será um dos primeiros estados a estabelecer normas e procedimentos próprios para a gestão da criação amadorista de pássaros da fauna nativa. Por meio de uma portaria aberta pelo IAP, a iniciativa tem como objetivo específico regulamentar em âmbito estadual a criação amadora de pássaros da fauna nativa, contemplando as atividades de criação, reprodução, manutenção, treinamento, exposição, transporte, transferências, aquisição, guarda e depósito. 
                                                                                                                       
LITERATURA EM PAUTA
Maringá sediará a 2ª Festa Literária que acontece entre 27 e 31 de outubro. A edição deste ano, traz uma programação variada com a participação de diversos escritores. Quem passar pelo evento poderá conferir contações de histórias, apresentações artísticas de grupos da região, oficinas abertas à população, além de seminários e debates sobre clássicos da nossa literatura.
TRANSPORTE RASTREADO
Guarapuava, na região central do Paraná, contará com a instalação de rastreadores nos carros que fazem o transporte de estudantes da rede pública e são contratados pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura. O objetivo é monitorar o número de quilômetros rodados e saber a localização exata dos veículos. Os rastreadores serão ligados a um programa de computador e a um aplicativo de celular que será acompanhado pela prefeitura.
PEIXE É VIDA
Segundo uma pesquisa realizada pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, a ingestão de peixes ricos em ômega 3 aumenta a expectativa de vida e diminui as chances de morte por doenças cardiovasculares. O estudo foi realizado com 2.700 pessoas com mais de 65 anos, e mostrou que dentre os participantes, aqueles que tinham o hábito de comer peixe viviam em média 2,2 anos a mais e tinham 27% a menos de risco de morte por qualquer causa.
MEDICAÇÃO GRATUITA
A procura por medicamentos gratuitos aumentou 424% nos últimos dois anos em Toledo, oeste do Estado. Aproximadamente 44 farmácias na região fazem parte do programa “Saúde Não Tem Preço” – que tornou gratuita a distribuição de 14 medicamentos para diabetes, hipertensão e asma, gerando maior crescimento na distribuição dos remédios. No período, foram atendidos 12.457 pacientes.
abnoticias@abcom.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.