Alimentos funcionais ajudam a prevenir diferentes tipos de câncer

Além de oferecer os benefícios nutricionais básicos, há evidências de que os alimentos funcionais auxiliam na prevenção de tumores de mama, próstata, intestino, cabeça e pescoço, dentre outros, principalmente quando o consumo está associado à adoção de um estilo de vida saudável. Dentre os alimentos funcionais se destacam os cereais integrais, leguminosas (feijão, soja etc.), linhaça, brócolis, couve flor, espinafre, tomate, alho, cebola, melancia, morango, goiaba, uva, peixes marinhos, chá verde e castanhas

A adoção de um estilo de vida saudável que inclui dieta equilibrada, prática de atividade física e controle do peso corporal auxilia na prevenção de câncer de mama, próstata, intestino, estômago, pulmão, dentre outros de alta incidência na população brasileira e mundial. Dados publicados pelaAmerican Cancer Society – http://bit.ly/1U2M6LW – mostram que um terço de todas as mortes por câncer nos Estados Unidos a cada ano estão ligados à dieta desequilibrada e a falta de atividade física, incluindo o excesso de peso ou  obesidade. No Brasil, segundo o INCA –http://bit.ly/13GiXh8 – observa-se que os tipos de câncer que se relacionam aos hábitos alimentares estão entre as seis primeiras causas de mortalidade pela doença.
Com base nesse cenário, a mensagem do A.C.Camargo Cancer Center no Dia Mundial da Alimentação –  – é a importância de se reforçar o papel da alimentação saudável para a prevenção de câncer. Para tanto, o serviço de Nutrição e Dietética da instituição elenca os principais alimentos funcionais que, segundo as evidências científicas, ajudam a impedir o surgimento dos tumores mais incidentes na população brasileira. Alimento funcional é aquele que, além das funções nutricionais básicas, quando consumido como parte da dieta habitual, produz efeitos benéficos à saúde. “Alguns exemplos são os cereais integrais, leguminosas (feijão, soja etc.), linhaça, brócolis, couve flor, espinafre, tomate, alho, cebola, melancia, morango, goiaba, uva, peixes marinhos, chá verde e castanhas”, destaca a Supervisora de Nutrição do A.C.Camargo, Fernanda Pires. 

 Estes alimentos auxiliam na prevenção de: 

CÂNCER DE MAMA E PRÓSTATA – Os alimentos que ajudam a prevenir o câncer de mama são os que contêm licopeno, como frutas de coloração avermelhada, além daqueles que contém vitamina C e E, por conta dos radicais livres, como soja, castanhas, brócolis, couve flor. "A soja tem um papel muito parecido com o hormônio feminino, pois contêm fitoestrógeno", destaca a nutricionista do A.C.Camargo, Ana Carolina Cantelli. Também se destaca o ômega 3, que pode ser encontrado em peixes como o salmão, atum e sardinha. O ômega 3 é rico também em sementes como a chia e a linhaça e  auxilia na prevenção dos tumores de mama e de próstata,  como também ajuda a aumentar o colesterol bom (HDL) e a abaixar o colesterol ruim (LDL). Em se tratando exclusivamente de câncer de próstata, o papel de destaque fica por conta do licopeno, que é encontrado, por exemplo, no tomate, molho de tomate, goiaba vermelha e melancia. 

OUTROS TUMORES – Para a prevenção de tumores de intestino e de reto por meio da alimentação o recomendável é evitar a ingestão de alimentos gordurosos e embutidos, assim como o consumo excessivo de carne vermelha. Por sua vez, é válido dar preferência a alimentos como o chá verde e a soja, além de adotar uma alimentação rica em frutas, verduras e legumes, que são fontes de fibras. Para a região da cabeça e pescoço, que compreende a boca, faringe, laringe e tireóide, os alimentos funcionais que auxiliam na prevenção são a abóbora e a cenoura (fontes de vitamina A), as frutas cítricas, como o abacaxi, a acerola, o maracujá e a laranja (ricas em vitamina C) e vegetais de cor verde escura, como o brócolis (ricos em vitamina C). A dieta recomendada para auxiliar na prevenção de câncer de estômago deve privilegiar a ingestão de frutas e verduras, principalmente os alimentos fontes de vitamina C, como laranja, limão, acerola, abacaxi e evitar o alto consumo de sal, de alimentos com conservantes e de defumados.
A ingestão de alguns alimentos é um importante fator de risco para desenvolvimento de câncer de esôfago. É recomendável evitar a ingestão excessiva de alimentos em temperatura elevada, muito comum no sul do Brasil, na Argentina e no Uruguai, por exemplo, o consumo do chimarrão. Além disso, a doença de refluxo pode aumentar em 70% o risco de uma pessoa desenvolver câncer de esôfago. Levantamento do A.C.Camargo junto a 120 pacientes com esse tipo de câncer mostra que 40% sofriam de refluxo, doença que atinge cerca de 20 milhões de brasileiros. Comum em pessoas com mais de 50 anos, o refluxo é causado pelo retorno do conteúdo do estômago ou do duodeno ao esôfago. A sensação causada é de azia e queimação no peito ou garganta. Com o contato constante das enzimas digestivas com a parede do esôfago, o órgão passa a apresentar lesões e tecido parecido com o do intestino. As células danificadas por esse processo sofrem mutações e podem se tornar cancerígenas. O tratamento é feito com dietas e mudança de hábitos alimentares. Deve-se evitar a ingestão de café, chá, refrigerantes, bebidas alcoólicas e alimentos com muito molho, principalmente o de tomate, que tendem a piorar os sintomas. É recomendado também que as pessoas não deitem logo após a refeição e mantenham o peso adequado

Em linhas gerais, os alimentos funcionais que auxiliam na prevenção do câncer são os ricos em ômega 3 (salmão, atum, sardinha, chia e a linhaça), em licopeno (tomate, molho de tomate, goiaba vermelha, e melancia), em betacaroteno (cenoura e abóbora), em luteína e zeaxantina (espinafre e couve), em vitamina C (frutas cítricas como laranja, acerola e abacaxi), em isoflavonas (soja e feijão) e em alicina (alho). “Vale ressaltar, no entanto, que os alimentos funcionais devem ser consumidos dentro do contexto de uma alimentação equilibrada, preferencialmente associado a um estilo de vida saudável”, destaca Ana Carolina Cantelli.

OFICINA DE CULINÁRIA – O A.C.Camargo criou em 2009 a Oficina de Culinária Funcional. São aulas gratuitas e abertas para toda a comunidade, não somente aos pacientes e cuidadores do Hospital. Em todas as aulas os nutricionistas dão dicas de como aproveitar o máximo de cada alimento e são distribuídas as receitas relacionadas ao tema do mês. Além de temas voltados à alimentação preventiva de câncer são abordados também temas voltados para controle de diabetes, hipertensão, doença celíaca (intolerância ao glúten), intolerância à lactose, dentre outros. A próxima aula acontecerá no dia 30 de outubro e trará o tema Preparações sem Glúten. A programação de 2015 terá também a aula do dia 18 de dezembro(Preparações Saudáveis de Natal).

SERVIÇOOficina de Culinária do A.C.Camargo Cancer Center
Gratuito (aberto para toda a comunidade – não exclusivo para pacientes e familiares/cuidadores)
Local: A.C.Camargo Cancer Center
Endereço: Rua Antônio Prudente, 211, Liberdade, São Paulo (SP), 2º subsolo, bloco A
Horário: Oficina de Culinária (adulto), na última sexta-feira de cada mês par, às 16h.
Inscrições pelo telefone: (11) 2189-5000 – Ramais 1051 / 1055 / 2151 / 2150.
Cobertura de imprensamoura@comunique.srv.br
Sobre o A.C.Camargo Cancer Center – Desde sua fundação, em 1953, pelo casal Antônio e Carmen Prudente, o A.C.Camargo Cancer Center tem sua atuação pautada em prevenção, tratamento, ensino e pesquisa do câncer, posicionamento que traduz uma Instituição que reúne todos os âmbitos da Oncologia, da bancada de pesquisa ao leito de cada paciente. Instituição privada sem fins lucrativos, mantida pela Fundação Antônio Prudente, o A.C.Camargo Cancer Center é atualmente é um dos maiores centros integrados oncológicos do mundo.
Ao todo, estão envolvidos diretamente mais de 4.400 colaboradores, contemplando um corpo assistencial formado por 584 médicos, além de fisioterapeutas, fonoaudiólogos, dentistas, psicólogos e uma experiente equipe de enfermagem e de nutricionistas, que atuam de forma interdisciplinar, engajados com a missão de combater o câncer paciente a paciente.
Em 2014, realizou 3,5 milhões de atendimentos, sendo 62% dedicados aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), o que reitera seu compromisso social, que é expresso também no âmbito da prevenção do câncer por meio das ações de conscientização para a sociedade e do Programa de Prevenção e Diagnóstico Precoce do câncer.
Além da sede em São Paulo, dispõe ainda de duas unidades satélites, sendo uma na cidade de São Paulo e outra em Santo André. O seu Centro Internacional de Pesquisa (CIPE), concentra 130 profissionais dedicados à ciência em oncologia. O A.C.Camargo ocupa o primeiro lugar no ranking mundial do Scimago entre as instituições de saúde brasileiras que mais publicam nas revistas científicas de maior influência e impacto. Em 2014, esse trabalho resultou em 163 artigos publicados.
O espírito formador de especialistas e conhecimento científico acompanha o A.C.Camargo desde o início de sua história, já que em 1953 também nasceu o primeiro Programa de Residência Médica em Oncologia do país, com 1.160 especialistas formados ao longo de seis décadas. Ainda no âmbito do ensino, a Pós-Graduação do A.C.Camargo, iniciada em 1997, foi a primeira do Brasil na área de Oncologia a ser mantida por uma instituição privada não associada a uma Universidade e soma 525 mestres e doutores formados desde sua criação.
O A.C.Camargo é certificado pela ONA, pela Canadian Council on Healthn Services Accreditation, selo de qualidade que atesta as melhores práticas da medicina mundial e pela International Organization for Standardization, ISO 14001, selo relativo ao sistema de gestão ambiental. Em 2014 recebeu o prêmio Valor 1000 pelo melhor desempenho do setor de Serviços Médicos, o Hospital Destaque-Capital pela Secretaria de Estado da Saúde e foi eleito pela sexta vez uma das melhores empresas para você trabalhar do Guia Você S/A Exame.
moura@comunique.srv.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.