Ambientes externos de cara nova

A estação da primavera chegou para alegrar ambientes externos. É possível se apropriar de outros elementos da natureza, não somente espécies da estação. Para sair da normalidade e ousar, o arquiteto Luiz Maganhoto e o designer Daniel Casagrande sugerem dicas infalíveis para transformar a área externa em um espaço para a valorização da natureza durante a estação. 
Varandas, churrasqueiras, espaços gourmet ou qualquer local aberto pode se transformar em um canto mais primaveril. “Uma boa iluminação é tudo, a luz natural é muito bem-vinda, contudo, podemos abusar dos efeitos das luzes mecânicas com filtros variados de cores, como âmbar, verde e tons quentes, que resultam em um efeito visual incrível, principalmente entre os períodos vespertino e o noturno”, revela Casagrande.
Criar um paisagismo árido, com um estilo oriental utilizando pedras, rochas, areia, terra e seixos, traz movimento e volume. O tipo de grama pode variar, porém, existe a mais indicada por questões de durabilidade é a grama esmeralda, isto é, a mais resistente a pisoteio e passagem de automóveis, em áreas mais comuns. Também pensando em aproveitar a vegetação para diversas fases do ano, é interessante optar por espécies que floresçam tanto no inverno como no verão.
Outro detalhe importante é o posicionamento de esculturas ou objetos, próprios para área externa, que recebam luz mecânica no período noturno. O mobiliário também precisa de um cuidado especial para permanecer no lado externo. Visando a proteção, deve-se optar por produtos em alumínio com pintura eletrostática e tramas resistentes a intempéries. Já para sofás e poltronas, atentar-se a sua composição com espumas especiais que transpassem a umidade, além daqueles revestidos com tecido náutico. Uma grande praticidade nos dias atuais é a utilização de capas para os móveis da área externa, pois, é uma forma de não precisar guarda-los sempre que não utilizados.
Maganhoto explica que “se deve analisar a topografia do terreno, se é regular ou não, bem como a insolação recebida”. O ponto de partida para qualquer mudança visual depende seguramente de especificações que só um profissional capacitado compreenderá. 
Sobre Maganhoto e Casagrande Arquitetos Associados:
O arquiteto paisagista Luiz Maganhoto e o designer Daniel Casagrande estão a frente do escritório Maganhoto e Casagrande Arquitetura, que por oito anos consecutivos esteve em primeiro lugar na premiação TOP 100 Kaza Paraná, uma homenagem aos arquitetos e designers mais atuantes e influentes em todo o território nacional. Os profissionais acumulam prêmios e projetos notáveis e dentre seus feitos estão 500 clínicas espalhadas pelo mundo, além de inúmeros projetos residenciais e interiores de alto padrão.
Serviço:
Maganhoto e Casagrande Arquitetura
Rua Dr. Ney Leprevost, 241 – Curitiba
jornalismo02@bgcomunicacao.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.