AS CRIAÇÕES DO SARAMAGO DOS VINHOS

Portugal produz vinhos que estão entre os melhores do mundo. São várias regiões produtoras com terroirs únicos, castas de uvas de personalidade e produção tradicional e criteriosa.  Entre tantas preciosidades que podem ser encontradas em terras lusitanas, a sommelière Meriane Sander destaca, na Região de Setúbal, os rótulos criados por António Saramago. “São vinhos de paladar rico, que ao serem degustados encantam imediatamente. Eles fogem totalmente da uniformização e estandardização que tem dominado o universo dos novos rótulos”, afirma a sommelière.

O sobrenome comum com o Nobel de literatura português faz com que o enólogo António Saramago explique constantemente que não existe parentesco entre os dois. Há quem duvide ao observar o contexto denotado nos nomes de alguns rótulos, como Ilógico, Risco, Escolha e Dúvida. “Também porque existe muita arte na sua forma criar e descobrir bons vinhos”, conta Meriane. O enólogo é reconhecido mundialmente por ter participado da elaboração de um dos vinhos portugueses mais premiados, o Barca Velha. Atua há muitos anos como consultor de várias vinícolas e é desta forma que consegue garimpar produções que utiliza em criações fantásticas.

Entre os vinhos criados por Saramago, a sommelière Meriane Sander destaca dois rótulos que deverão chegar ao Brasil em breve. O primeiro é o Dúvida 08, que como o nome sugere, nasceu da dúvida do enólogo na sua composição. Ele mescla uvas das castas Aragonês, Trincadeira e Grand Noir. O resultado é um vinho complexo, com aroma e sabor de forte personalidade. Faz bela harmonização com carnes suculentas e queijos maduros. Já o Cinquenta AS 2009, foi criado em comemoração ao seu cinquentenário de atuação. Com boa estrutura de taninos e aroma profundo, o vinho foi elaborado com uvas Castelão, Cabernet Sauvignon, Touriga Nacional e Alicante Bouschet. “Este é um vinho que merece atenção exclusiva. Apenas tempo e boa companhia são os ingredientes para que a nobreza do rótulo se revele e a degustação seja perfeita”, conclui a sommelière.

 <carlacbd@outlook.com>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.