Brasileiro vence Copa Mundial de Slackline

Texto: Thays Petters
Fotos: Marcos Labanca
O brasileiro Pedro Rafael Marques (19), o Pedrinho, é o campeão mundial de Slackline 2015. O atleta de Fortaleza (CE) deu um show de manobras radicais e encantou não só o público, mas também os árbitros, com seu estilo e desenvoltura sobre a fita. “Eu acho que o slack está no meu sangue. Eu sinto que sou conectado com a fita, que somos um só. É uma conexão massa”, comentou o campeão.
Para ele, competir ao lado de grandes nomes do esporte foi um desejo realizado. “Eu me sinto lisonjeado, porque jamais imaginei competir com esses caras. E uma alegria só”. Sobre o titulo, o atleta disse que realizou um sonho. “Eu tinha três sonhos: ser campeão mundial, ser patrocinado por uma empresa e ser o melhor do mundo. Essa sempre foi minha meta e hoje eu alcancei. Se eu não ganhasse dessa vez eu tentaria de novo.”
O segundo colocado foi Felix Carreira, o brasileiro naturalizado americano. Felix treina há três anos e afirma que veio para o Mundial para tentar manter o título de campeão mundial de 2014. “Estou muito feliz de ter ficado entre os três, foi um rolê muito massa”, afirmou.
Em terceiro lugar ficou o chileno Abraham Hernandez, de 22 anos. Ele levou o público à loucura ao executar um triplo front flip, três mortais para a frente sobre a fita. Ele foi o único atleta no mundial a fazer esta performance.
Oito primeiros
Pela nova regra de arbitragem, os oito primeiros colocados do mundial são classificados. Entre os oito, estão quatro brasileiros e um brasileiro naturalizado americano. Todos receberão prêmios em dinheiro, num total de US$ 20 mil.
A classificação ficou assim:
1. Pedro Rafael Marques (BRA)
2. Felix Carreira (EUABRA)
3. Abraham Hernandez (Chile)
4. Diogo Fernando (BRA)
5. Alex Mason (EUA)
6. Cleyton Silva (BRA)
7. Luke Diestel (Alemanha)
8. Rafael Souza (BRA)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.