Catarata tem tratamento simples e rápido

A catarata é responsável por 51% dos motivos que levam a cegueira em todo o mundo, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Entretanto, a doença é reversível quando tratada a tempo. “A catarata causa uma perda progressiva da qualidade da visão, que demora para ser percebida pelo paciente, até atingir a cegueira, mas pode ser corrigida com uma cirurgia, que é simples e de rápida recuperação”, comenta o oftalmologista Dr. Leonardo Tostes Poli, da Clínica Canto.
A cirurgia de catarata é realizada por meio de duas tecnologias: laser e ultrassom, com duração de, no máximo, 30 minutos. O paciente recebe uma anestesia local, apenas com colírio. “A cirurgia consiste, basicamente, em retirar o cristalino, que é cortado com o laser e aspirado com o ultrassom, e implantar uma lente artificial que cumprirá o papel do cristalino”, explica o oftalmologista. O paciente sai do centro cirúrgico com um óculos de acrílico todo furado, sem necessidade de internação. “Na mesma noite, o óculos já pode ser retirado e o paciente começa a usar um colírio pós-cirúrgico. No dia seguinte, a visão já começa a melhorar”, conta.
Provocada por uma opacidade no cristalino, lente natural do olho, a catarata causa a perda da transparência na visão e é mais comum na terceira idade. “Geralmente, a doença se desenvolve depois dos 60 anos, por causa do envelhecimento natural do olho, mas, pode acontecer em qualquer outra idade, por fatores genéticos, doenças como diabetes, rubéola, tuberculose e toxoplasmose ou traumas, como socos, boladas ou acidentes de carro”, esclarece Dr. Leonardo. A doença não causa dor e nem vermelhidão no olho. “O único sintoma é a perda progressiva da visão. A queixa mais comum é sensação de vista embaçada”, revela o oftalmologista.        
Por isso, é recomendado que a consulta oftalmológica deve ser periódica a partir dos 40 anos. “As pessoas vão ao oftalmologista achando que é só para ver se precisa de óculos, mas isso é o mínimo da consulta. O mais importante é verificarmos diversos outros tipos de doenças, como a catarata”, ressalta Dr. Leonardo Tostes Poli.
Sobre a Clínica Canto
Com mais de 30 anos, a Clínica Canto oferece serviços de oftalmologia com médicos especializados, priorizando a qualidade diagnóstica e terapêutica para seus pacientes. Com duas unidades em Curitiba, no Centro e no Seminário, oferece moderna e completa infraestrutura para exames simples ou de alta complexidade e cirurgias oftalmológicas.
Mais informações no site www.clinicacanto.com.br
 rhaissa@expressacom.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.