IAB-SC debate arquitetura acessível à baixa renda em Joinville

Depois de Florianópolis e Palhoça, a Câmara de Vereadores de Joinville receberá nesta quinta (15), às 13h30, o seminário promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil, ​departamento de Santa Catarina (IAB-SC), que debaterá a necessidade de aplicação da lei 11.888/2008, que assegura assistência técnica pública e gratuita às famílias de baixa renda para o desenvolvimento de projetos de construção, reforma e ampliação​.​ A lei, sancionada em 2008, ainda não é aplicada em todas as cidades brasileiras, pois depende de ações das câmaras de vereadores locais para ser ​implantada.
Segundo Vania Burigo, presidente do IAB-SC, projetos de arquitetura, visitas de acompanhamento à obra, registros de responsabilidade técnica, são produtos bastante distantes da realidade das camadas mais carentes da população. “A vulnerabilidade da habitação popular se agrava pela falta de apoio técnico. Sem o necessário trabalho de profissionais, a construção residencial de baixo custo se apresenta inadequada, atrasada e compromete o bem-estar das pessoas sob todos os aspectos”, avalia.
Além levar o trabalho profissional de qualidade a todas as camadas socioeconômicas, a lei 11.888 ampliará o mercado de trabalho do setor, divulgando os benefícios que a arquitetura pode trazer à qualidade de vida das pessoas e à organização das cidades. “Famílias que recebem até três salários mínimos deveriam, de acordo com a lei, ter acesso gratuito ​à assistência técnica​ e esta questão deve ser debatida e defendida”, considera Vania.
carolina@palavracom.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.