Infância de Helena Kolody é tema de peça infantil de bonecos

            O Teatro do Piá apresenta neste domingo (11) a peça infantil de bonecos “Na cabeça da poeta”, concebida a partir de referências sobre a infância da poeta Helena Kolody. Para a montagem, o grupo Substrato Cênico pesquisou as origens e os poemas de Helena Kolody que revelam a sua intensa relação com a natureza. A peça será apresentada também no dia 25 de outubro.
            Dirigido por Alyne Rocha, “Na cabeça da poeta” é um espetáculo de animação sobre a infância “imaginada” de Helena Kolody, filha de imigrantes ucranianos, que atravessaram o mar em busca de novos horizontes. Nasceu em solo paranaense, como ela mesma disse em entrevistas: nasceu como uma índia, totalmente integrada à natureza. Este olhar nunca a abandonou, mesmo depois de aposentada, moradora do centro de Curitiba, olhava pela janela e via a vida acontecer, ouvindo o som das cigarras. Sua origem fala um pouco sobre a formação do Paraná, uma identidade construída a partir da imigração.
Em um espaço “imaginado”, duas atrizes/manipuladoras (Alyne Rocha e Breda Miura) vão construindo o mundo de Helena – um lugar onde a menina passa o tempo vendo formigas, descreve a araucária com um olhar carregado de significados, um lugar onde o sonho se faz presente.
Serviço:
Na cabeça da poeta – espetáculo de teatro de animação
Local: Teatro do Piá – Praça Garibaldi, nº 7
Datas e horário: 11 e 25 de outubro de 2015, às 11h
Entrada franca
Indicação etária: primeira infância
           
Ficha técnica:
Direção: Alyne Rocha
Elenco: Alyne Rocha, Breda Miura
Dramaturgia Sonora: Edith de Camargo
Preparação Corporal/ Vocal: Edith de Camargo
Cenário: Paulo Vinícius
Cenotécnico: Edson Naindorf
Figurino: Paulo Vinícius
Bonecos: Edson Naindorf e Substrato Cênico
Produção: Substrato Cênico Produções Artísticas
Comunicação Social da FCC

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.