O Teatro do Piá apresenta neste domingo (11) a peça infantil de bonecos “Na cabeça da poeta”, concebida a partir de referências sobre a infância da poeta Helena Kolody. Para a montagem, o grupo Substrato Cênico pesquisou as origens e os poemas de Helena Kolody que revelam a sua intensa relação com a natureza. A peça será apresentada também no dia 25 de outubro.
            Dirigido por Alyne Rocha, “Na cabeça da poeta” é um espetáculo de animação sobre a infância “imaginada” de Helena Kolody, filha de imigrantes ucranianos, que atravessaram o mar em busca de novos horizontes. Nasceu em solo paranaense, como ela mesma disse em entrevistas: nasceu como uma índia, totalmente integrada à natureza. Este olhar nunca a abandonou, mesmo depois de aposentada, moradora do centro de Curitiba, olhava pela janela e via a vida acontecer, ouvindo o som das cigarras. Sua origem fala um pouco sobre a formação do Paraná, uma identidade construída a partir da imigração.
Em um espaço “imaginado”, duas atrizes/manipuladoras (Alyne Rocha e Breda Miura) vão construindo o mundo de Helena – um lugar onde a menina passa o tempo vendo formigas, descreve a araucária com um olhar carregado de significados, um lugar onde o sonho se faz presente.
Serviço:
Na cabeça da poeta – espetáculo de teatro de animação
Local: Teatro do Piá – Praça Garibaldi, nº 7
Datas e horário: 11 e 25 de outubro de 2015, às 11h
Entrada franca
Indicação etária: primeira infância
           
Ficha técnica:
Direção: Alyne Rocha
Elenco: Alyne Rocha, Breda Miura
Dramaturgia Sonora: Edith de Camargo
Preparação Corporal/ Vocal: Edith de Camargo
Cenário: Paulo Vinícius
Cenotécnico: Edson Naindorf
Figurino: Paulo Vinícius
Bonecos: Edson Naindorf e Substrato Cênico
Produção: Substrato Cênico Produções Artísticas
Comunicação Social da FCC

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Talvez você se interesse por estes artigos.

Fechar Menu