Campeão mundial do slackline se encanta com as Cataratas do Iguaçu

O atual campeão mundial de slackline, Pedro Rafael Marques, o Pedrinho, visitou nesta sexta-feira (16) o Parque Nacional do Iguaçu, onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu, eleitas uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza. Ele também conheceu o Parque das Aves e, neste sábado (17), pretende ainda visitar a Usina de Itaipu, o Templo Budista e a Mesquita.

Pedrinho, hoje recordista mundial na modalidade, nasceu em Jericoacoara, mas vive atualmente em Fortaleza, capital do Ceará. O atleta, que volta para Fortaleza no domingo, disse que sua próxima casa será em Foz do Iguaçu.

“Amei demais Foz do Iguaçu, estou encantado com a cidade. Jamais sonhei com tudo isso que aconteceu aqui. Fui muito bem recebido pelas pessoas, gostei muito da galera e da energia de todos. Estou apaixonado e vou morar em Foz, se Deus quiser”, afirmou.

Além do passeio nas Cataratas, o atleta sobrevoou o Parque Nacional do Iguaçu a convite da empresa de transporte aéreo Helisul. “As Cataratas me trouxeram uma paz interior. Eu limpei minha alma ao sentir a água no corpo e a brisa das cachoeiras. Lá de cima, então, foi muito mais lindo. Não tem preço nada disso”, comentou.

Os passeios foram acompanhados pelo gestor da Adere (Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia), Raby Khalil, do presidente da Federação Chilena de Slackline, Maximiliano Martines, e dos atletas Michael Noal (Brasil), Edward Beroiza (Chile) e Salvador Rodrigues (Peru).


Mundial

Pedro Rafael Marques foi o campeão do Itaipu Slackline World Cup, a copa mundial de slackline disputada em Foz do Iguaçu, no final de semana. Realizado pela primeira vez na América Latina, o mundial entra para a história com o maior número de participantes e de público em um evento de slackline.

A copa foi promovida em conjunto pela Adere e Itaipu Binacional. Segundo o superintendente de Comunicação Social da Itaipu Binacional e presidente do Fundo Iguaçu, Gilmar Piolla, o evento consolida Foz do Iguaçu como destino de esportes radicais, devendo fazer parte do calendário de eventos do município.



A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,2 bilhões de MWh. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de cerca de 17% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 75% do Paraguai. Desde 2003, Itaipu tem como missão empresarial “gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade social e ambiental, impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico, sustentável, no Brasil e no Paraguai”. A empresa tem ainda como visão de futuro chegar a 2020 como “a geradora de energia limpa e renovável com o melhor desempenho operativo e as melhores práticas de sustentabilidade do mundo, impulsionando o desenvolvimento sustentável e a integração regional”.

Fotos da publicação no link abaixo (usar Firefox ou Chrome)
Crédito: Marcos Labanca


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.