PRF realiza Operação Serra Segura na BR-277

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em conjunto com o DER e a concessionária Ecovia, realiza nesta quinta-feira (15) a Operação Serra Segura na BR-277, entre Curitiba e o Litoral do Paraná. A ação visa abordar caminhões e ônibus que estejam descendo à Serra do Mar, com o intuito de verificar os equipamentos básicos de segurança e conscientizar motoristas, além de prevenir ocorrências na Serra do Mar e demais rodovias. Na última edição, 50 veículos foram autuados por problemas.
Durante a ação, a PRF vai inspecionar itens como sistemas de freio, suspensão, sinalização, conservação dos pneus e direção. Para se certificar de que os veículos estão com os equipamentos em bom estado, os policiais contarão com apoio de especialistas durante a vistoria. Se o veículo estiver ok, o motorista poderá seguir a viagem. Caso não esteja, a documentação ficará retida até o condutor sanar o problema.
“A Operação Serra Segura é uma ação de rotina para conscientizar aos motoristas que os veículos precisam estar com todos os equipamentos básicos em ordem, de forma que o tráfego na rodovia seja feito com segurança”, afirma o gerente de Atendimento ao Usuário, Raul Boff. A intenção dessa operação é reduzir o número de veículos que trafegam de forma irregular, sem a manutenção necessária dos itens básicos.
Além da fiscalização em seus veículos, motoristas que forem abordados assistirão vídeos e palestras sobre educação no trânsito, na qual serão abordados temas como segurança defensiva, proteção aos menores e sistemas de frenagens.
“A Polícia Rodoviária Federal espera que com a fiscalização o motorista comece a transformar a sua mente, agindo de forma preventiva e defensiva, sem a necessidade de esperar um equipamento de segurança danificar para ser reparado”, explica o inspetor Wilson Martinez, da Polícia Rodoviária Federal.
Somente no primeiro semestre desse ano, a Ecovia registrou 43 acidentes no trecho de serra da BR-277, que envolveram caminhões. Esse ano foi superior 13 por cento em relação ao mesmo período do ano passado. A maior causa desses acidentes ocorreu devido a problemas nos equipamentos de segurança e excesso de velocidade.
Para verificações sobre tráfego na rodovia, a concessionária Ecovia sugere que os motoristas sigam @ecovia no Twitter. No perfil, há atualização, mesmo nos fins de semanas e feriados, notificando sobre o fluxo, interdições e dicas da rodovia.
Sobre a Ecovia – A Ecovia é uma empresa do GrupoEcoRodovais. No Paraná é responsável pela operação e manutenção da BR-277 – rodovia de grande importância comercial e turística na Região Sul, por ligar Curitiba ao Porto de Paranaguá, numa extensão de 84 quilômetros em pista dupla, além dos segmentos rodoviários PR-508 (Alexandra-Matinhos), e PR-407 (Pontal do Paraná). A empresa também presta manutenção nas rodovias de oferta que ligam a BR-277 às cidades de Morretes e Antonina. A Ecovia oferece ainda os Serviços de Atendimento ao Usuário (SAU) nos km 35 e 11 (sentido Paranaguá) e km 61,2 (sentido Curitiba) onde há banheiro, fraldário, café, água e telefone público.
Sobre o Grupo Ecorodovias – é um dos maiores grupos de infraestrutura e logística intermodal do Brasil. Conta com sete concessões rodoviárias nas regiões Sul e Sudeste, somando mais de 1.900 quilômetros de rodovias por onde passam 120 milhões de veículos por ano, representando 52,8% do fluxo de passageiros e turistas, e 48% de toda a carga nacional movimentada no país.
Leandro.Cordeiro@ecovia.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.