QUINTETO DE SOPROS DA OSESP FAZ TURNÊ POR CINCO CAPITAIS BRASILEIRAS EM 2015

A versatilidade e excelência musical dos instrumentistas da Osesp já são conhecidas do público paulista, para além dos concertos sinfônicos. Diversos grupos, formados pelos músicos da Orquestra, têm se apresentado regularmente, tanto em concertos de câmara da série Solistas da Osesp, na Sala São Paulo, quanto nos concertos da turnê Osesp Itinerante, que acontecem, desde 2008, por diversas regiões do Estado.
Em 2015, outros públicos terão a oportunidade de apreciar também um pouco desse trabalho. O Quinteto de Sopros da Osesp fará uma turnê por cinco capitais brasileiras ao longo do ano – Porto Alegre (08/mar, Teatro São Pedro), Salvador (26/abr, Cine Teatro Sesc), Belo Horizonte (23/ago, Teatro Francisco Nunes), Brasília (04/set, Cine Teatro Sesc) e Curitiba (08/Nov, Capela Santa Maria) –, levando ao público concertos interativos e com repertório variado.
Formado por José Ananias Souza Lopes (flauta), Sérgio Burgani (clarinete), Joel Gisiger (oboé), Alexandre Silvério (fagote) e Nikolai Alipiev (trompa), o Quinteto de Sopros da Osesp apresenta um programa com obras de Mozart, Eugéne Bozza, Malcom Arnold e Ronaldo Miranda. Durante a performance, os integrantes contam curiosidades sobre as peças e seus autores, explicam as características de seus instrumentos e comentam sobre os aspectos de suas vidas como instrumentistas, compartilhando com o público suas experiências musicais.
PROGRAMA
WOLFGANG AMADEUS MOZART
Divertimento nº 9, KV 240
EUGÈNE BOZZA
Scherzo, Op.48 – Allegro Vivo
MALCOLM ARNOLD
Three Shanties
RONALDO MIRANDA
Variações Sérias Sobre um Tema de Anacleto de Medeiros
NINO ROTA
Petite Ofrande Musicale
JULIO MEDAGLIA
Suíte Popular Brasileira
CONCERTOS
Porto Alegre | 08/mar (dom) | 17h
Theatro São Pedro
Pç. Mal. Deodoro – Centro
Tel.: (51) 3227-5100
Salvador | 26/abr (dom) | 17h
SESC Bahia – Casa do Comércio
Av. Tancredo Neves, 1.109, 8º andar,
Edifício Casa do Comércio Beraldo Mota
Tel.: (71) 3273-8543/ 8765
Belo Horizonte | 23/ago (dom) | 20h
Teatro Francisco Nunes
Av. Afonso Pena, s/nº, Parque Municipal, Centro
Tel.: (31) 3277-6325
Brasília | 04/set (sex) | 19h
SESC Garagem
W/4 Sul, 713/913
Tel.: (61) 3445-4401
Curitiba | 08/Nov (dom) | 17h
Capela Santa Maria
Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro
(41) 3321-2840
Ingressos para todos os concertos: R$ 40,00 (meia-entrada: R$ 20,00)
SOBRE OS INTEGRANTES
JOSÉ ANANIAS SOUZA LOPES | FLAUTA
Nasceu no Amapá em 1958 e começou seus estudos musicais em São Paulo, onde se graduou em 1979, na Escola Municipal de Música, sob orientação de Jean Noel Saghaard. Em Paris, estudou com Christian Lardé e Pierre-Yves Artaud. Em 1985, ingressou na Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal de São Paulo. Desde 1986, integra a Osesp. Realiza masterclasses nos Estados Unidos, Argentina, Chile, Costa Rica e Brasil. Foi professor do Conservatório de Tatuí e é professor da EMESP e da Academia da Osesp. Gravou cinco discos. O último, lançado em 2007, dedica-se a Camargo Guarnieri e Francisco Mignone.
SÉRGIO BURGANI | CLARINETE
Clarinetista da Osesp, Sérgio Burgani nasceu em São Bernardo do Campo e foi aluno de Rafael Gallardo Caro e José Máximo Ribeiro Sanches. Premiado em vários concursos nacionais, como o Jovens Intérpretes da Música Brasileira (Funarte-RJ) e Sul América Jovens Concertistas Brasileiros, é professor do Departamento de Música no Instituto de Artes da Unesp e da Faculdade de Música Cantareira. É membro dos grupos Percorso Ensemble e Sujeito a Guincho. Com este último, recebeu duas vezes o Prêmio Eldorado, além do Prêmio Sharp, em 1996. Em 2000, executou a estreia nacional do Concerto Para Clarinete e Orquestra, de Jean Françaix, com a Osesp. Na turnê nacional da Osesp em 2008, foi solista no Choro Para Clarinete e Orquestra, de Camargo Guarnieri. Desde 2007, em parceria com o luthier Odivan de Santana, pesquisa madeiras brasileiras reutilizáveis para fabricação e comercialização de clarinetes da marca Devon & Burgani.
JOEL GISIGER | OBOÉ
Nasceu em São Paulo em 1968. Estudou com Benito Soares Sanchez, Washington Barella e Lothar Koch. Graduou-se na Faculdade Mozarteum, e recebeu uma bolsa para a Academia da Filarmônica de Berlin, onde estudou por dois anos. Atuou como primeiro oboé solista convidado da Orquestra do Theatro Municipal de São Paulo em 1996. Como solista, apresentou-se à frente de orquestras como Osesp, Teatro Municipal de São Paulo, Ribeirão Preto e outras. Ingressou na Osesp como primeiro oboé-solo em 1988. Desenvolve atividade pedagógica na EMESP, Instituto Baccarelli, Faculdades Cantareira, Conservatório de Tatuí e na Academia da Osesp.
ALEXANDRE SILVÉRIO | FAGOTE
Nascido em 1975 em Osasco, iniciou os estudos de fagote em 1990 na EMESP, sob orientação de Gustav Busch. Em 1992, passou a estudar com Francisco Formiga. Em 1997, ingressou na Osesp, onde é fagote solo desde 2004. Dois anos depois, recebeu bolsa da Fundação Vitae para estudar na Hochschüle für Musik Hanns Eisler-Berlin, com Klaus Thunemann, obtendo em 2001 seu diploma com nota máxima. Em 2002, foi agraciado pela mesma fundação para estudar na Karajan Akademie da Filarmônica de Berlim, onde teve orientação de Stefan Schweigert, Markus Weidmann e Marion Reinhardt. Trabalhou com regentes como Simon Rattle, Pierre Boulez e Seiji Ozawa. Leciona na EMESP e lidera o Alex Silvério Quarteto.
NIKOLAY ALIPIEV | TROMPA
Brasileiro, nascido na Bulgária, iniciou seus estudos com o pai, Aliipia Tzvetkov Genov, primeira trompa da Sinfônica de Burgas. Cursou a Escola de Música da mesma cidade com Todor Todorov. Atuou como solista e participou de seminários com Hermann Baumann e Peter Damm. Venceu o Concurso de Melhor Interpretação de Obra Russa de Burgas e o Concurso da Academia Nacional de Música de Sofia, onde fez bacharelado e mestrado com Vladislav Grigorov. Foi primeira trompa da Sinfônica Jovem do Mundo. Integrou a Orquestra Nacional da Bulgária e foi primeira trompa da Orquestra da Rádio Búlgara e das sinfônicas de Ribeirão Preto e Municipal de São Paulo. Em 2001, ingressou na Osesp. É professor da EMESP, Fundação das Artes de São Caetano, Faculdade Cantareira e integra a Camerata Aberta.
fernandofreitas@osesp.art.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.