Tecnologia da Informação Empresas de Maringá realizam visitas técnicas em concorrentes locais

As empresas de tecnologia da informação de Maringá estão realizando uma ação que há dez anos seria praticamente impossível de ser imaginada. Estão abrindo as portas, umas para outras, para visitas técnicas. Este fato tem sido comum entre empresários que se tornaram amigos durante o movimento iniciado em 2007 e que uniu o setor. Mas, agora, está sendo realizado de forma sistematizada.
As empresas que estão abrindo as portas para os concorrentes são aquelas que figuram no ranking das 100 melhores para se trabalhar no setor de TI no Brasil. A organização é da Software by Maringá (SbM). Nesta sexta-feira, a Elotech, que produz softwares públicos, receberá interessados em conhecer a política interna voltada para o ambiente corporativo. A Elotech figura no 29º lugar no ranking.
Marco Aurélio Castaldo Andrade, diretor da empresa, lembra vários momentos em que os empresários são obrigados a repensar a política de RH e valorizar as pessoas: “quando a empresa já tentou melhorar a produtividade e lucratividade e todas as tentativas falharam;  quando a relação com a equipe não é boa e  as ações propostas são impossíveis ou, no mínimo difíceis; quando nenhum produto é entregue no prazo ou conforme projetado; quando o empresário vive dando aumento e ainda assim perde talentos ou sua equipe vive insatisfeita”. 
Rafaela Campos, vice-presidente da SbM, frisa que as empresas estão percebendo que não custa caro ser um ótimo lugar para se trabalhar e que tudo depende de “vontade e ação”. A vice-presidente faz um comentário provocador: “se nós não investirmos em nossos colaboradores, em quê investiremos para produzir melhores serviços?”.
A iniciativa da SbM tem objetivos claros: incentivar o bom ambiente de trabalho, melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores, aumentar a competitividade das empresas e dar mais visibilidade ao pólo de tecnologia da informação de Maringá e região. “Ter cinco representantes no ranking nacional é uma grande conquista. Mas, queremos mais. Queremos que todas as empresas com mais de 50 funcionários, que é a exigência para participar do ranking, estejam entre as 100 melhores do país”, frisa o presidente da SbM, Edney Mossambani.
Um dos passos em busca destes objetivos foi dado em 2013 quando a SbM fez uma parceria inédita com a Great Place To Work (GPTW), que organiza o ranking: criou o Projeto GPTW – “Maringá e Região, o melhor lugar para se trabalhar em TI”. Trata-se de um ranking local, com as mesmas configurações do nacional, mas voltado para empresas com no mínimo cinco funcionários. As inscrições no projeto são gratuitas e prosseguem até o dia 15/10.
Serviço: A visita técnica será realizada das 16 às 17 horas na Elotech, rua Prof. Giampero Monacci, 14, esquina com Av. Cerro Azul. Na próxima sexta-feira, dia 9, outra empresa abrirá as portas para receber empresários.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.