CCR RodoNorte recebe o Selo Clima Paraná

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná (SEMA) certificou nesta sexta-feira as empresas participantes do Selo Clima Paraná, certificação oferecida para as companhias que aderiram ao registro público de emissões de gases de efeito estufa. A CCR RodoNorte recebeu o Selo Ouro, demonstrando compromisso com a gestão de carbono, processo indispensável para o controle de emissões e resíduos, além do uso adequado de água e energia.
A elaboração de um Inventário de Emissões é fundamental para as empresas compreenderem o perfil de suas emissões de gases de efeito estufa, podendo a partir daí realizar ações consistentes para promover a redução das emissões da organização, tendo em vista o desenvolvimento sustentável de toda a empresa. Oito empresas instaladas no Paraná receberam os primeiros selos Clima Paraná, após entregarem voluntariamente à Secretaria seus dados de gases de efeito estufa. A entrega foi realizada na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), apoiadora da iniciativa.
Além de presidentes, diretores e técnicos das empresas, também participaram da solenidade o secretário estadual do Meio Ambiente, Ricardo Soavinski, o presidente da Fiep, Edson Luiz Campanholo, e o presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Tarcísio Mossato Pinto. “Estas oito empresas estão de parabéns pelo exemplo que dão, compartilhando e contribuindo de maneira voluntária com o Estado”, disse Campanholo.  Para o diretor da CCR RodoNorte, Cláudio Soares, a participação da empresa está de acordo com os princípios de sustentabilidade seguidos pelas empresas do Grupo CCR. “Além de registrar, assumimos o compromisso de reduzir em 5% as nossas emissões. Estamos alinhados com esta causa defendida pelo Estado do Paraná”, afirma Soares.
Além da CCR RodoNorte, receberam o selo Ouro a Copel, Dudalina e Klabin. A empresa Britanite recebeu o selo prata, enquanto GSS, Index e Grupo DSR receberam o selo bronze.
COMPENSAÇÃO – Pelas informações prestadas à Secretaria estadual do Meio Ambiente, por meio do Registro Público de Emissões de Gases do Efeito Estufa, estas oito empresas emitem juntas 1 milhão de toneladas de CO2 por ano, o que representa 5% das emissões da indústria paranaense. “A transparência das informações e a colaboração das empresas ajudará os governos a formularem políticas e ações mais eficientes”, disse Soavinski.
SELOS – Lançado há seis meses pela Secretaria do Meio Ambiente do Paraná, o Registro Público de Emissões de Gases de Efeito Estufa – Selo Clima Paraná já tem a adesão de 25 empresas instaladas no estado, oito delas já certificadas. Com o Registro, o Governo Estadual vai fazer um perfil dos gases de efeito estufa produzidos pelas empresas para depois estabelecer metas de redução. O Selo Ouro é emitido para as empresas com inventários verificados por profissionais ou empresas acreditadas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro); Prata, para empresas que tiverem seus inventários verificados por profissionais ou empresas habilitadas; Bronze para empresas que aderirem ao Registro Público.
As empresas que quiserem aderir ao Registro Público de Emissões de Gases do Efeito Estufa devem preencher o protocolo de intenções disponível no site da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (www.meioambiente.pr.gov.br).
(Com Agência Estadual de Notícias)
Fotos da certificação: Gelson Bampi/FIEP


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.