Com investimento de R$ 825 milhões, Ambev inicia operação de cervejaria em Ponta Grossa (PR)

Mais R$ 23 milhões serão aplicados na unidade em projetos de
inovação
Com um investimento de R$ 825
milhões, a nova cervejaria da Ambev em Ponta Grossa (PR) acaba de iniciar sua
operação. A unidade emprega 380 pessoas diretamente. Seguindo seu plano de
renovação e modernização do parque fabril, a Ambev transferiu a produção que
acontecia na cervejaria de Curitiba (PR) – cerca de 80 mil hectolitros de
bebidas por mês – para a nova cervejaria em Ponta Grossa, que tem capacidade
para produzir 380 mil hectolitros de bebidas por mês.
Em 2015, a unidade de Ponta
Grossa receberá mais R$ 23 milhões em investimentos para projetos de inovação.
Dados do IBGE apontam que o setor de bebidas faz parte do segmento com maior
efeito multiplicador. De acordo com o instituto, para cada R$ 1 investido por
uma cervejaria, outros R$ 2,50 são gerados na economia do Brasil.
O investimento da Ambev na planta
de Ponta Grossa faz parte da estratégia da companhia de aumentar a eficiência
operacional e a produtividade no Brasil. A expectativa da empresa é de que seus
investimentos em 2015 no país cheguem até o mesmo patamar do realizado em 2014,
quando a Ambev investiu o montante recorde de R$ 3,1 bilhões. A nova cervejaria
conta com tecnologia de ponta comparável às maiores e mais eficientes
cervejarias do mundo.
“Buscamos constantemente deixar
nossas operações cada vez mais produtivas. Os investimentos que realizamos nos
últimos anos foram focados em aumento de eficiência. Para isso, promovemos uma
forte atualização e modernização de nossas cervejarias. Nosso parque produtivo
conta com o que há de mais moderno em termos de equipamentos e instalações”,
afirma Flávio Torres, vice-presidente industrial da Ambev.
Com o início da operação da nova
cervejaria, a Ambev voltou a produzir em Ponta Grossa a cerveja Adriática. A
Adriática é feita de puro malte, com cor dourada intensa, límpida e espuma
cremosa, com sabor e aromas especiais. A marca foi lançada na cidade no início
do século XX pela antiga Cervejaria Adriática e ficou no mercado até meados de
1940. Agora, com o relançamento, ela volta a ser produzida com exclusividade em
sua terra natal.
Atualmente, a cervejaria de Ponta
Grossa conta com quatro linhas de produção e, além da Adriática, fabrica as
marcas Antarctica, Antarctica Sub Zero, Skol, Original e Brahma Chopp. As
cervejas são envasadas em garrafas de vidro retornáveis de 1 litro e 600 ml e
também em latas de 269 ml e 350 ml. Além do Estado do Paraná, a produção de
Ponta Grossa abastece São Paulo e Santa Catarina.
No Paraná, além da cervejaria em
Ponta Grossa, a Ambev também possui uma fábrica de refrigerantes em Almirante
Tamandaré e mais quatro centros de distribuição direta nas cidades de Londrina,
Francisco Beltrão, São José dos Pinhais e Ponta Grossa. No Estado, onde gera
anualmente cerca de R$ 660 milhões em impostos, a empresa emprega um total de
1.675 pessoas diretamente. Se considerados os empregos indiretos e induzidos
gerados na cadeia produtiva, a Ambev movimenta 42 mil postos de trabalho no
Paraná. De acordo com estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), para cada
emprego direto gerado em uma cervejaria, outros 52 são criados na cadeia
produtiva.

Cruzamento de dados do IBGE com
informações da FVG mostra que o setor de cerveja representa 12% da indústria de
transformação do Paraná. O total de postos de trabalho diretos, indiretos e
induzidos gerados pelo setor cervejeiro no Estado passa de 143 mil, o que
representa uma massa salarial de mais de R$ 1,3 bilhão. No Brasil, o impacto da
contribuição econômica da indústria da cerveja também é expressivo: representa
14% da indústria do país, emprega quase 2,3 milhões pessoas em toda a cadeia e
gera uma massa salarial de R$ 23,6 bilhões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.