Comer bem diante do paraíso, a nova receita do turismo

restaurante
Restaurante no topo de um edifício no centro de São Paulo com vista panorâmica da capital. Foto: Divulgação.

Com reportagem de Luciana Vicária, Thaís Ribeiro e Pedro Fideles

A gastronomia se tornou, na última década, uma força do turismo para atrair viajantes a lazer e a negócios em deslocamento pelo país. Ela ganhou espaço entre aqueles que se deslocam para uma reunião de trabalho e passou ser protagonista nas férias de quem não abre mão de comer bem sem deixar de lado as belezas naturais do nosso país.

A boa notícia vem do segmento de restaurantes. Empresários do setor estão investindo na integração de seus pratos com o ambiente. E passaram a oferecer a experiência de degustar as iguarias do cardápio à beira-mar, diante de uma cachoeira ou no topo de um edifício, com vista panorâmica da cidade.

“Estimular todos os sentidos gera uma experiência mais completa e inesquecível ao viajante”, diz Fernando Guimarães, sócio de um restaurante com vista panorâmica da cidade de São Paulo. Os gastos com alimentação já estão entre as principais despesas dos turistas brasileiros, atrás apenas do transporte, de acordo com a última pesquisa do Ministério do Turismo.

A gastronomia brasileira é considerada muito boa para 94,4% dos estrangeiros e aprovada por mais de 89% dos brasileiros. “Ela é uma das bases da estrutura do turismo, com potencial para atrair viajantes dos mais variados perfis”, diz o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. Acompanhe a seguir alguns restaurantes com vistas de perder o fôlego.

<ascom@turismo.gov.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.