Corredor tecnológico do Canadá quer atrair empresas brasileiras

Curitiba recebeu a visita de representantes do Ontario Technology Corridor. Dezenas de empresários de TI do Paraná estiveram no auditório da Assespro-Paraná, no Parque de Software, para conhecer oportunidades de negócios no Canadá apresentadas pelos executivos Walt Hutchings e  Blair Patacairk.

O Corredor Tecnológico de Ontário reúne empresas da mais rica e populosa província do Canadá. A região perde, apenas, para o Vale do Silicio dos Estados Unidos em grandeza no mercado mundial de Tecnologia da Informação.

Representantes do Ontario Technology Corridor visitaram empresas e instituições de pesquisa e desenvolvimento, em Curitiba, em busca de novos negócios e parcerias. Também participaram de um encontro com empresários no auditório da Assespro-Paraná no Parque de Software.

A região de Ontário é um eficiente pólo para negócios globais e um dos principais acessos aos mercados norte-americanos. Além da estratégica posição geográfica, sua estrutura e organização fazem de Ontário um dos principais centros econômicos das Américas e emprega cerca de 260 mil pessoas em, aproximadamente, 6.400 empresas de TI.
O OTC engloba a área da Grande Toronto, Ottawa, Waterloo, e a cidade de Londres e atua em parceria com o Ministério de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Ontário e com o Departamento do Governo Federal de Negócios Estrangeiros para Comércio Internacional no Canadá.

O consultor Izoulet Côrtes Filho, que organizou a visita canadense, ressalta que “os canadenses  vieram prontos, não só para atrair negócios, mas também para estabelecer pontes. Vieram “decision makers”, decisores, executivos com grande experiência na construção de pontes entre o mercado canadense e as empresas de TI do Brasil”.

Sérgio Mainetti Jr, empresário do Parque de Software de Curitiba, lembra de uma passagem que chamou a atenção: “foi o fato de mostrarem que o Canadá pode ser um ponto de partida para uma empresa brasileira chegar aos Estados Unidos, com leis mais simples, com regras de migração simples, com taxas , impostos  e custo de vida menores em um país que faz parte dos tratados comerciais da América do Norte”.

Adriano Krzyuy, Vice-Presidente de Articulação Política da Assespro-Paraná, lembra que encontros internacionais como esse estão entre os vários benefícios gerados aos associados da entidade.  “Hoje, cerca de 40 empresários estiveram aqui em busca de negócios na área internacional. Todos querem exportar. O dólar em alta é um atrativo para os empresários. Mas o trabalho de internacionalização, no Paraná, já vem de longo tempo. E a cada dia que passa, isso potencializa”, completa Adriano.

A Assespro-Paraná tem trabalhado na preparação de empresas de TI para exportação há vários anos e trata do tema no ParanáTIC 2015, principal evento de TI do sul do Brasil, em uma Trilha de Internacionalização. Pedro Dummond, sócio da consultoria Drummond, vai falar sobre a TI brasileira nos Estados Unidos. O ParanáTIC 2015 acontece dias 12 e 13 de novembro na cidade paranaense de Foz do Iguaçu e vai contar com executivos do setor de Tecnologia da Informação de vários estados brasileiros e também de países da América Latina para o lançamemto do WCIT 2016, Congresso Mundial de TI, que vai acontecer no Brasil.


SERVIÇO: ParanáTIC 2015
 
Dias 12 e 13 de novembro
Hotel Mabu, Foz do Iguaçu, Paraná
Faça sua inscrição e acompanhe as novidades sobre o evento emhttp://www.paranatic.com.br
Mais informações sobre o ParanáTIC: 41 33371014 ouexecutivo@assespropr.org.br

imprensa@curitibait.com.br 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.