DE NORTE AO SUL, A TAPIOCA CONQUISTOU O BRASIL

Oriunda  das aldeias  indígenas  das regiões  Norte  e Nordeste  ao lado  de outras  iguarias como  o  acarajé,  a  tapioca  conquistou  o  paladar  do  curitibano.  Da  janela  pode‐se  até perceber o friozinho da capital, mas na cozinha há massas finas e crocantes de tapioca na frigideira, duplamente peneirada antes de ir para a chapa, como se já estivesse verão.  

É assim que funciona a cozinha do Frutteto – Fresco Naturale, inaugurado há quatro meses na  capital,   quando   há   pedidos   de   tapioca   no   balcão.   Em   um   ambiente   moderno, aconchegante e com variadas opções saudáveis no cardápio, os sócios Leonardo Draghi e Felipe Menegatti – chef e responsáveis pelo menu da casa –, optaram por abrir o estabelecimento  seguindo  um  modelo de casual dining  com  comidas  naturais,  visando facilitar a correria do dia-­‐a-­‐dia de seus clientes.  

Com  atendimento  ágil,  quesito  primordial  da  linha,  o  Frutteto  vêm  conquistando  uma clientela bastante ampla, seguindo desde o padrão de alimentação fitness, até opções mais calóricas de refeições. “A tapioca é conhecida por ser um alimento funcional e, por isso, é uma fonte considerável de energia que pode servir como substituta do pão branco, por exemplo, que possui mais calorias”, conta Felipe. No cardápio da casa, em que as escolhas variam entre os mais diversos números de calorias, não é à toa que a tapioca está entre os quitutes mais leves.

Considerada o carro‐chefe em termos de pratos oferecidos, o ineditismo do Frutteto é a MORAVIA (R$13), tapioca de café com doce-­de-­leite, com a massa de café produzida artesanalmente pelo chef. “Fizemos vários estudos sobre a tapioca e esse sabor acabou se tornando  um  diferencial  nosso.  O  segredo  está  na  massa  em  si,  que  é  resultado  da hidratação da goma com o café, e o recheio é o doce­‐de-­leite. A mistura de sabores garante um resultado delicioso e os clientes aprovam bastante”, comenta o chef.  

Além disso, há as opções clássicas feitas com peito de peru ou frango, além do tradicional queijo mussarela. A

 <inovacomm@hotmail.com>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.