Diabetes infantil: um mal crônico

            Caracterizada pela falta de insulina ou pelo uso inadequado do hormônio no organismo – o que causa a elevação dos níveis de glicose (açúcar) no sangue – a diabetes é uma doença que atinge 9 milhões de brasileiros. Destes, de acordo com a Associação de Diabetes Juvenil, 1 milhão são crianças. “No adulto, a doença é mais silenciosa. Mas, nos jovens, sintomas como sede, vontade de urinar com mais frequência, aumento do apetite, perda de peso e fraqueza podem indicar a diabetes”, explica Marcos Kozlowski, bioquímico e responsável técnico do LANAC – Laboratório de Análises Clínicas.
           
            Como não existe cura para a doença, o diagnóstico – realizado através de um simples exame de sangue – pode ser um choque para a família. “A criança com diabetes precisa mudar seus hábitos, principalmente no que diz respeito à alimentação. Mas o tratamento correto pode garantir uma vida praticamente normal para os portadores da doença”, revela o bioquímico.
            Em crianças e adolescentes, a maioria dos casos de diabetes pertencem ao tipo 1, no qual o sistema imunológico ataca as células que produzem insulina. Mas o sedentarismo, o excesso de peso e as dietas ricas em gorduras estão ligadas ao aumento dos casos do tipo 2. Em ambos, o teste de glicemia é de fundamental importância para monitorar o tratamento.
Sobre o LANAC
Há 22 anos, o LANAC – Laboratórios de Análises Clínicas se diferencia por se manter, com orgulho, como empresa 100% paranaense. Hoje, o laboratório oferece mais de dois mil tipos de exames, além de coleta domiciliar e assessoria científica para médicos e conta com mais de 280 colaboradores. Recebe exames de 25 laboratórios, atuando como laboratório de apoio. A sede central, com 1.200 m², é o maior centro de análises clínicas de Curitiba. Além da sede central, o LANAC mantém outros trinta postos de coleta na cidade. A empresa participa de testes de proficiência do Controle Nacional de Qualidade da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, com nota excelente desde 1992 e mantêm a certificação ISO 9001/2008 atualizada desde 2004.
aline@iemecomunicacao.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.