Duster Oroch tem plano especial de financiamento “Troca Fácil” com 5 anos de garantia total

A Renault lança mais uma facilidade para o cliente interessado em comprar a inovadora picape Duster Oroch. O plano “Troca Fácil” é a forma mais inteligente de comprar um Renault. O cliente faz pagamentos com parcelas até 30% menores que o crédito tradicional, dá uma entrada baixa e tem a garantia de recompra do seu carro usado. Ou seja, no final do seu contrato o cliente entrega o carro usado e com isso garante o valor de entrada do novo contrato, iniciando assim mais um ciclo de troca fácil e ficando sempre com um carro 0 km.

No caso específico da Duster Oroch outro benefício é que o cliente que faz esta modalidade de crédito tem 2 anos adicionais de garantia total de fábrica, ou seja é um Renault com 5 anos de garantia total – garantia inédita no segmento de picapes.

Vale lembrar que esse é um produto já consolidado em países como Estados Unidos, Canadá, México, Alemanha entre outros e atualmente já representa 30% dos contratos de credito para financiamento de carros.

SOBRE A DUSTER OROCH
A Duster Oroch é uma picape robusta, cabine dupla, com quatro portas, excelente espaço para cinco passageiros, caçamba generosa e com tamanho na medida certa. O modelo inova ao inaugurar um segmento entre as picapes pequenas e as grandes, unindo as melhores características de ambas. A Duster Oroch é perfeita para quem procura liberdade e não abre mão de grande espaço interno e da versatilidade de uma picape, seja para o trabalho ou para o lazer.

Derivada de um verdadeiro SUV, o Renault Duster, a picape foi desenvolvida pela RTA (Renault Tecnologia Américas), que tem o objetivo de desenvolver produtos voltados às necessidades e ao perfil do consumidor latino-americano. O modelo traz suspensão traseira multilink em todas as versões e dirigibilidade aprimorada para oferecer uma condução precisa e segura como a de um carro de passeio, tanto com a caçamba vazia quanto carregada. No total, foram 4.800 horas de desenvolvimento e 720 mil km de testes na França, Brasil e Argentina.

timthumb

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.