Cascavel recebe grande final do SuperBike Brasil, o terceiro maior evento de esporte a motor do País

Já foram disputadas sete etapas do SuperBike Brasil 2015. Agora chegou o momento tão esperado da temporada, a grande final que irá coroar os campeões do ano. O palco da última etapa será o Autódromo Internacional Zilmar Beux, localizado no município paranaense de Cascavel, a 491 quilômetros de Curitiba, capital do Paraná.

Uma das estratégias que os pilotos usam para fazer uma boa corrida é estudar o traçado e a pista do autódromo. Desde 1970, a cidade é palco de grandes eventos do automobilismo e do motociclismo nacional e internacional. O Autódromo Zilmar Beux é considerado um dos mais estruturados do país, oferecendo segurança aos pilotos, excelentes condições às equipes e muito espaço e conforto ao público que lota as arquibancadas para assistir grandes disputas.

Possui uma pista de alta velocidade de asfalto e concreto, com percurso de 3.058 metros por 12 metros de largura, sete curvas com áreas de escape e zebras padrão FIA (Federação Internacional de Automobilismo). O local conta ainda com 36 boxes completos, fechados e padrão FIA, parque fechado para equipes, helipontos, área de lazer e acampamento, restaurante, lanchonetes e estacionamento.

Os fanáticos por motociclismo poderão acompanhar todas as emoções dos treinos e das corridas das oito diferentes categorias disputadas e desfrutar de momentos inesquecíveis com toda a família e amigos da melhor forma: sem precisar pagar nada.

A organização informa que os ingressos para as arquibancadas são gratuitas e podem ser retiradas nos pontos de distribuição oficiais sem nenhum custo e também nas bilheterias do Autódromo. Quem quiser se antecipar ainda mais, pode comprar pela internet através do site Ticket Fácil. Depois basta aproveitar as disputas eletrizantes na pista paranaense!

É um evento que garante emoção para a família inteira: para as crianças, que podem ver de perto e se identificar com os jovens talentos da categoria Honda Junior Cup, para a mãe e suas amigas, que poderão acompanhar e torcer pelas mulheres que aceleram forte em suas categorias, e também para o pai e amigos, apaixonados por motocicletas e velocidade!

Com uma média superior a 30 mil expectadores por etapa, o SuperBike Brasil oferece também diversas opções de ingressos para quem quer acompanhar as emoções ainda mais de perto: além das arquibancadas gratuitas, a cada etapa são disponibilizados ingressos com diferentes valores, de acordo com os setores e nível de conforto: arquibancada, arquibancada com visitação aos boxes, Paddock e Área VIP, que vão de R$ 10,00 a R$ 250,00.

Para algumas categorias, título só será definido na última etapa!

Momento de decisão para os pilotos! Enquanto algumas categorias já contam com campeões antecipados, outras estão indefinidas, como é o caso da SuperBike Pro, Copa Kawasaki Ninja 300, Copa Honda CBR 500R e SuperSport 600cc.

A principal categoria do campeonato, a SuperBike, promete fortes emoções e disputas eletrizantes na pista paranaense, com muita adrenalina garantida. Diego Faustino (#68), da equipe Honda Mobil, que venceu no Velopark (RS), Londrina (PR), Santa Cruz do Sul (RS) e novamente em Londrina (PR) na sétima etapa, se mantem na liderança o campeonato com 600 pontos. Na penúltima etapa ele venceu as duas corridas, da rodada dupla na categoria, e abriu uma boa vantagem para a disputa final.

Maico Teixeira (#36), Honda Mobil, com 584 pontos, tinha perdido a vice-liderança, mas voltou a ocupar essa posição após a sétima etapa. José Luiz ‘Cachorrão’ (#51), também da Honda Mobil, assumiu a terceira posição no ranking com 576 pontos. Em quarto lugar aparece Bruno Corano (#34), da equipe Mobil Monster Energy Kawasaki SuperBike Team, com 566 pontos na classificação, à frente de Danilo Lewis (#17), da Tecfil Racing Team, que era o vice-líder mas teve problemas na moto durante a semifinal. Agora ele está em quinto com 547 pontos, mesma pontuação de Pablo Nunes (#777), da equipe BH Racing.

Pela categoria SuperSport, Matheus Oliveira (#70), da Tecfil Racing Team, ocupou o lugar mais alto do pódio em Londrina (PR), Santa Cruz do Sul (RS) e Goiânia (GO), e lidera o ranking da categoria com 167 pontos. Alex Schultz (#22), da Dynel’s Racing Team, vem embalado após vitória em Londrina (PR), soma 155 pontos e persegue o título da temporada. Em terceiro lugar, sem chances matemáticas de conquistar o campeonato, está Luiz Cerciari (#3) com 134 pontos, seguido por Christian Cerciari (#83), com 90, ambos da equipe Cerciari Racing School, e Dudu Costa Neto (#117), da Mobil Ituran Racing, com 86 pontos.

Já na categoria Copa Honda CBR 500R, o protagonista da atual temporada é o piloto Leonardo Tamburro (#53), da equipe Honda MotoSchool de Talentos, que lidera a competição com cinco vitórias, somando 175 pontos, apenas um à frente de Lucas Dezeró (#7), da Alemão Pneus, que aparece em segundo com 174 pontos. A disputa será eletrizante, com Tamburro em recuperação após duas quedas sofridas na semifinal. Fora da disputa pelo título, Renzo Ferreira (#13), da equipe Honda MotoSchool de Talentos, aparece em terceiro com 107 pontos e uma vitória na abertura do campeonato, em Goiânia, seguido pelo companheiro de equipe Davi Gomide (#31), com 100 pontos, e William Ribeiro (#15), da equipe WR, com 90 pontos.

Na categoria Copa Kawasaki Ninja 300 os pegas em Cascavel (PR) serão intensos. Atual líder da competição com 203 pontos, Niko Ramos (#822), da Duda Racing, assumiu a liderança na semifinal em Londrina (PR), superando seu companheiro de equipe, Victor Perrucho (#226), que soma 197 pontos. Em terceiro lugar, também com chances de conquistar o campeonato, aparece Indiana Muñoz Gomes (#199), da equipe Mobil Ituran Racing, com 187 tentos. Fora da disputa pelo título de 2015, Marco Antonio Reis (#3), da equipe Moretti Racing Team, aparece em quarto com 161 pontos, seguido por Regis Gomes Primos (#113), da equipe Rodas Mil Competições, com 152.

Campeões antecipados: eles sobraram no SuperBike Brasil 2015

Para uns, a cidade paranaense será o palco de disputas alucinantes pelo título da temporada. Para outros, Cascavel será o lugar da ‘volta olímpica’ em comemoração ao título antecipado, como é o caso dos pilotos Gabriel Favero e Silva (#271), da categoria Honda Junior Cup, Diego Viveiros (#23), da Copa Kawasaki Ninja 600, e Juracy Rodrigues ‘Black’ (#560), da SuperBike Light.

O jovem londrinense Gabriel Favero e Silva (#271) sagrou-se campeão da Honda Junior Cup 2015 na sétima etapa, disputada em Londrina (PR) dia 22 de novembro. O piloto, que não chegou a participar das duas primeiras corridas do ano, garantiu a vitória em todas as etapas seguintes, somando 154 pontos na classificação geral da categoria escola do SuperBike Brasil, 29 a mais que o segundo colocado, Rafael Rigueiro (#52).

Sem dificuldade, Diego Viveiros (#23), da equipe Tecfil Racing Team, foi o mais rápido e venceu a sétima etapa da Copa Kawasaki Ninja 600 em Londrina, o que se repetiu em todas as etapas deste ano na categoria.

Com 100% de aproveitamento e sete pole-positions, o piloto paulistano somou 181 pontos nesta temporada e garantiu o título da Copa Kawasaki Ninja 600 ainda com uma etapa a ser disputada. Em segundo lugar aparece Jefferson Ramos Valcézia (#99), também da Tecfil Racing Team, com 131 pontos, sem chances de alcançar o companheiro de equipe. Pela Copa Kawasaki Ninja 600 Master, Edvaldo José Martinati (#113), da equipe Duende e Senra Racing, soma 155 pontos e também já pode comemorar o título em Cascavel (PR).

Após seis primeiros lugares e um segundo lugar na temporada 2015, Juracy Rodrigues ‘Black’  (#560), da equipe Black Day Racing Team, garantiu o campeonato da categoria SuperBike Light correndo em casa na última etapa, em Londrina, após somar 177 pontos ao longo de sete etapas, ficando 43 pontos à frente de Guto Figueiredo (#18), da equipe da Kobe Motos/A2 Informatica, que já garantiu o vice-campeonato da temporada 2015 na SuperBike Light.

Além dos pilotos citados acima, Fernando Santos (#234), da Tecfil Racing Team, na categoria Copa Kawasaki Ninja 300 Light, Suzane Carvalho (#11), da equipe Centro de Treinamento de Pilotos, na Copa Honda CBR 500R Master, e Wesley Ribeiro (#45), da equipe , na Copa Honda CBR 500R Junior, já podem comemorar o campeonato de 2015 de forma antecipada, sem precisar de qualquer resultado em Cascavel (PR).

O SuperBike Brasil tem patrocínio Silver: Honda, Pirelli, Mobil e Yamaha. Bronze Premium: Kawasaki, Ducati e MotoSchool. Bronze: Shark, Diafrag, Alpinestars e Tutto Moto.


SERVIÇO: 8ª etapa SuperBike Brasil –  Cascavel (PR)

Dias 11 e 12 de dezembro – Treinos Livres e Classificatórios

Dia 13 de dezembro – Corridas das oito categorias do Campeonato

Autódromo Internacional de Cascavel – Zilmar Beux | Rodovia BR-369, sem número, Morumbi, Cascavel

Ingressos para ARQUIBANCADA são GRATUITOS.

Os ingressos para AREÁ VIP e PADDOCK podem ser adquiridos nas bilheterias do Autódromo e também pela  internet, por meio do www.ticketfacil.com.br

FotoS: Ricardo Santos/VGCOM

<contato@gianellini.com.br>

imagem_release_552707 imagem_release_553750 imagem_release_553749 imagem_release_553748 imagem_release_553741

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.