#CataratasDay 2015 alcançou mais de 77 milhões de pessoas

A ação #CataratasDay2015, realizada no dia 11 de novembro, para comemorar o quarto aniversário da eleição das Cataratas do Iguaçu entre as Novas Sete Maravilhas da Natureza, teve uma repercussão que superou a expectativa dos organizadores.

O número de pessoas impactadas pela ação foi de 77.117.606, incluindo as redes sociais e a mídia convencional. Só as redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram, principalmente) impactaram 57.266.706 pessoas, quase o dobro do que foi registrado na primeira edição do evento, em 2014.

O estudo do alcance do #CataratasDay2015 foi feito pela empresa Cliptime, de Curitiba, que computou 176 matérias publicadas na mídia convencional (jornais e emissoras de tevê).

Nas redes sociais, foram 6.245 postagens com a hashtag, das quais 3.752 no Instagram, 1.895 no Twitter, 518 no Facebook, 44 no Google : 18 no Y Youtube, 15 no Tumblr e 3 no Flickr. A postagem no Facebook deve ter sido muito superior, mas, segundo a Cliptime, desde maio de 2015 essa rede social só permite o monitoramento de páginas e grupos, e não mais os perfis individuais.

O superintendente de Comunicação Social da Itaipu, Gilmar Piolla, que organizou a ação no lado brasileiro, não se surpreendeu com o alcance da ação e com o grande movimento no Parque Nacional do Iguaçu, no dia 11 de novembro. Segundo ele, “as Cataratas do Iguaçu têm esse poder mágico de mobilizar as pessoas, tanto no Brasil como na Argentina”.

“Se incluirmos as postagens de perfis pessoais no Facebook, que não foram computadas, tivemos mais de 10 mil pessoas, do mundo inteiro, divulgando espontaneamente o Destino Iguaçu nas redes sociais. É uma mídia que não tem preço”, afirma Piolla. “Se fôssemos pagar, valeria uma fortuna.”

Selfies

A ação foi desenvolvida em conjunto pelo Brasil e Argentina. No dia 11, no lado brasileiro, houve pela primeira vez a medição de selfies num único atrativo turístico. Auditados pelo RankBrasil, os selfies chegaram a 2.587, número que passa a ser a marca a ser quebrada por outro atrativo que queira entrar na disputa.

Embora muito mais pessoas tenham feito selfies no dia 11, o RankBrasil só considerou válidos aqueles em que as pessoas, logo a seguir, apresentavam um documento para registrar seus nomes. Luciano Cadari, fiscal do RankBrasil, disse que a ideia de registrar esse novo tipo de recorde “foi genial”. Segundo ele, “é uma forma saudável de competição para estimular o turismo no Brasil”.

Cadari explicou também que, se houver outros atrativos no mundo que já fizeram essa medição de selfies e o das Cataratas for o maior, o RankBrasil enviará os dados para serem inseridos no Guiness Book, com o qual a empresa brasileira tem acordo. O RankBrasil existe há 16 anos e foi criado, por coincidência, justamente num 11 de novembro.

Alcance

Apesar do número elevado de impacto com a ação #CataratasDay2015, o alcance não atingiu todos os países, como mostra um mapa preparado pela Cliptime. Um dos motivos é o próprio nome da ação – Cataratas vale apenas para português e espanhol. Mas o diretor da Fundação New 7 Wonders, Jean Paul de La Fuente, que esteve nos dois lados do parque, no dia da ação, disse que, em 2016, haverá também o #iguassuday, para tornar a ação ainda mais internacional.

Jean Paul de la Fuente lembrou que a eleição das Cataratas como uma das Novas 7 Maravilhas da Natureza mobilizou “centenas de milhares de pessoas em todo o mundo” e trouxe como resultado, em todos os atrativos vencedores, aumento no número de visitantes. “Muita gente vem porque quer realmente conhecer uma maravilha”, afirmou.

De Foz do Iguaçu

O #CataratasDay 2015 acabou sendo a oportunidade para muitos iguaçuenses conhecerem o maior atrativo da região. Os ônibus colocados gratuitamente à disposição dos moradores transportaram 2.524 passageiros, número que superou também a expectativa dos organizadores.

No total, entre moradores e turistas, o Parque Nacional do Iguaçu recebeu 6.684 visitantes. Os turistas eram das mais diversas procedências, principalmente do Brasil e Argentina, mas também da Alemanha, Estados Unidos e Colômbia. Para todos, as Cataratas ofereceram, naquele dia, o espetáculo de uma vazão duas vezes superior à normal, que é de 1.500 metros cúbicos de água por segundo. Pela manhã, o volume superou os 3.600 metros cúbicos de água por segundo.

Primeira vez

Uma pesquisa revela que aproximadamente 40% dos moradores de Foz do Iguaçu não conhecem as Cataratas. Era o caso de Marilza Dias, de 38 anos, e dos filhos Edison (7) e Jéssica (19). Moradores da Vila C, bairro da periferia da cidade, eles aproveitaram ônibus e ingresso gratuitos para conhecer o atrativo e ficaram encantados, apesar de inicialmente o menino sentir um pouco de medo da altura e da imensidão das quedas d´água. Assim como centenas de outros visitantes, fizeram muitas fotos e selfies.

O casal de colombianos Miguel e Ana Duran também visitava pela primeira vez as Cataratas. Enquanto preparavam um selfie em conjunto, Ana respondeu pelos dois sobre o sentimento em relação a tudo que viam: “É um paraíso único”.

Com cartazes de “Só as lindas”, preparados pela ação #CataratasDay2015, um grupo de excursionistas de terceira idade, vindo de São Paulo, manifestava sua alegria com gritos e aplausos. Mas dona Cleide Daga, mãe do guia que trouxe o grupo, confessou que, ao ver as Cataratas, emocionou-se tanto com a beleza que não conteve as lágrimas. “Já chorei muito”, disse. A colega de excursão, Elizabete Cardoso, resumiu: “aqui é o paraíso”.

Visão de expert

O diretor da Fundação New 7 Wonders, Jean Paul de la Fuente, disse que não se cansa de visitar as Cataratas. A trabalho, contou, já veio para cá, “por sorte”, cerca de dez vezes. Mas, em abril deste ano, fez a viagem com toda a família. Ele passou uma recomendação aos turistas: conhecer os dois lados, no Brasil e na Argentina. “Os dois se complementam”, disse. E brincou, sempre em espanhol, que é preciso conhecer as Cataratas “arriba” (lado argentino) e “abajo” (Brasil), mas também bem do alto (sobrevoo de helicóptero) e pela água (passeios de barco).

Para ele, a eleição das Cataratas como uma das Novas 7 Maravilhas da Natureza, que mobilizou “centenas de milhares de pessoas em todo o mundo”, trouxe como resultado um aumento do número de visitantes. “Muita gente vem porque quer realmente conhecer uma maravilha”, afirmou.

Crédito: Nilton Rolin/Itaipu Binacional.

20151111NR0653 20151111NR0724 20151111NR0756 20151111NR0805 20151111NR0951 20151111NR1131 20151111NR1213 20151111NR1238 (2) 20151111NR1283 20151111NR1288 20151111NR1301

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.