Entre o colonial e o realismo mágico: conheça os povoados considerados patrimônios históricos da Colômbia

Além dos destinos de verão e aventura, a Colômbia possui uma ampla gama de povoados considerados patrimônios históricos do país. São regiões que oferecem muitas atrações para os amantes da cultura e da história colombiana, onde se pode admirar as ruas construídas com paralelepípedos e a arquitetura colonial, com pátios, varandas e igrejas seculares. O cenário é complementado pela ótima gastronomia, que permite aos visitantes terem uma incrível viagem no tempo e a desfrutar do realismo mágico.

No total, são 17 municípios conhecidos como a rede de povoados patrimoniais, representando um espaço único na origem da cultura colombiana, em razão da sua riqueza ancestral e de sua beleza arquitetônica colonial. Fazem parte destas regiões os povoados de Barichara e San Juan Giron, no estado de Santander, e Boyacá, na província de Villa de Leyva.

A Procolombia, organização governamental focada em promover o turismo, as exportações e os investimentos da Colômbia, divulga os povoados para mais de 27 países. “Os povos das regiões dos patrimônios são o reflexo da cultura colombiana, trazendo toda sua história e tradição, como o trabalho com ouro, plantações de café e sua devoção religiosa. A Procolombia tem feito a promoção destes destinos em países como Espanha, França, Alemanha, Reino Unido, Suíça, Suécia, Austrália, China, Chile e Brasil”, disse Maria Claudia Lacouture, presidente da Procolombia.

Localizada na região leste da Colômbia, a cidade de Barichara, cujo nome tem sua origem na língua dos Guanes, povos antigos da região, e significa “lugar de descanso”, possui arquitetura colonial e pedras cuidadosamente trabalhadas. A cidade é uma escolha perfeita para quem deseja ficar longe das grandes capitais e se acomodar em áreas rurais e pacíficas. É considerado um dos municípios mais belos da Colômbia.

A prefeitura de Barichara empreendeu uma estratégia para zelar pelas suas tradições culturais e econômicas. À noite, por exemplo, é proibido som alto nas ruas. O intuito é manter a tranquilidade e o descanso na cidade.

Nas escolas oficinas, os viajantes podem aprender a manipular cerâmica e pedra e a cozinhar, além de desfrutar de eventos culturais locais como o Festival de Cinema Verde. Realizado anualmente em setembro, tem o objetivo de ampliar a conscientização sobre o meio ambiente e o cuidado com os recursos naturais, utilizando o cinema como uma ferramenta para entreter, educar e transmitir conhecimento.

Devido à religião predominantemente católica, Barichara possui um templo dedicado à Nossa Senhora da Candelária e Santo Isidoro Lavrador, além de uma capela para Santo Antonio.

San Juan Giron, na província de Santander, por sua vez, é destinado aos turistas que desejam conhecer a história dos tempos coloniais e experimentar requintadas delícias culinárias. Fundada em 1631, a cidade é um dos grandes monumentos nacionais preservados da Colômbia, com edifícios que datam dos séculos XVI, XVII e XVIII.

A região se destaca pela sua gastronomia diferenciada, onde são preparados pratos como bode cozido, ou bebidas como a chicha, preparada com milho e de origem ancestral. O objetivo é oferecer aos turistas uma experiência sensorial e saborosa também.

Localizada em Villa de Leyva, Boyacá está a 177 quilômetros ao norte de Bogotá e é uma das cidades-museu do país. Possui sítios arqueológicos onde é possível encontrar fósseis de espécies como o kronosaurus, que viviam na região há mais 110 milhões de anos. Na região é possível visitar também o lugar onde foram redigidas as primeiras leis da Colômbia como uma república, após a independência da Espanha.

Villa de Leyva tem uma das maiores praças da América, com cerca de 14 mil metros quadrados. Atualmente, é um ponto de encontro para turistas locais e estrangeiros, e onde são realizados festivais culturais durante o ano inteiro, como o Festival do Vento e dos Cometas, o Festival Astronômico e o Festival Internacional de Jazz.

Sua parte gastronômica também é reconhecida como patrimônio histórico do país. Conta com vários pratos da cultura regional, como o ensopado de Boyacá, uma sopa com costelas de porco, frango, carne vermelha, milho, feijão, batata, saboreado com pão de milho e queijo amarelo. A relação dos turistas de todo o mundo com os pratos da cidade tem influenciado a gastronomia internacional.

 

Sobre a Procolombia

A Procolombia é uma organização governamental focada em promover o turismo, as exportações e os investimentos da Colômbia em diversos países, nomeadamente no Brasil. Com a sua rede nacional e internacional de escritórios presta assessoria e suporte técnico para os clientes através da prestação de serviços e instrumentos que facilitam a concepção e implementação de estratégias de internacionalização, que visam criar, desenvolver e fechar oportunidades de negócios.

<Victor.Ramos@fticonsulting.com>

Villa de Leyva

Giron, San Juan de Girón, Colombia Basilica Menor  "San Juan Bautista" San Juan de Girón (or just Girón) is a municipality of the Santander Department in northeastern Colombia. http://es.wikipedia.org/wiki/San_Juan_de_Girón “Girón” is declared a  National Monument and that is the main attraction of this little town just few minutes from Bucaramanga. Girón is  a picturesque village of 46 blocks, whose buildings preserved so intact  the seventeenth century colonial architecture. http://antonioexplorer.blogspot.be/2011/06/san-juan-de-giron.html
Giron, San Juan de Girón, Colombia
Basilica Menor “San Juan Bautista”
San Juan de Girón (or just Girón) is a municipality of the Santander Department in northeastern Colombia.
http://es.wikipedia.org/wiki/San_Juan_de_Girón
“Girón” is declared a National Monument and that is the main attraction of this little town just few minutes from Bucaramanga. Girón is a picturesque village of 46 blocks, whose buildings preserved so intact the seventeenth century colonial architecture.
http://antonioexplorer.blogspot.be/2011/06/san-juan-de-giron.html

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.