Especial iCities: Uber pretende chegar a Curitiba em 2016

Falando sobre mobilidade urbana, Gui Telles, General Manager da Uber no Brasil e responsável pelas operações da cidade de São Paulo, participou do IV Fórum Internacional iCities. Telles deixou claro, desde a sua primeira frase, que o foco do serviço oferecido pela Uber não é substituir nenhum serviço que já exista. “O principal objetivo da Uber é complementar a mobilidade, integrando o serviço ao sistema de transporte da cidade”, esclareceu.

Atualmente a Uber tem 800 mil usuários no Brasil e segundo dados apresentados no iCities, hoje 68% dos motoristas que chegam até a Uber o fazem por recomendação de outros motoristas. “Nós focamos na experiência positiva do usuário e nós temos dois usuários, o motorista e o passageiro. Esses números mostram que a Uber está cumprindo seu objetivo, até porque, usuários satisfeitos indicam o nosso serviço”, pontuou Gui Telles.
Poucos sabem, mas no iCities, Gui Telles contou que a relação da Uber com o Brasil começou antes mesmo da empresa começar a atuar no mercado americano. “Nosso primeiro motorista morava em São Francisco, mas era brasileiro. Todo fim de noite ele passava nos bares da cidade e abordava as pessoas com um cartão dizendo que, se a pessoa tivesse bebido além da conta era só ligar que ele levava a pessoa pra casa. Um dia ele entregou esse cartão para um engenheiro da Uber, e foi assim que um brasileiro se tornou o primeiro motorista da empresa”, contou.

Gui Telles também reforçou que a Uber é uma empresa de tecnologia que está transformando a maneira como as pessoas se movimentam. “Nós queremos pegar um carro que é mal utilizado e otimizar o seu uso. Por meio de uma campanha em Chicago, mostramos que muitas pessoas pagam caro por manter um carro em casa. Oferecemos um voucher de 500 dólares para as pessoas que nos comprovassem que haviam vendido o carro. No período da campanha, 85 mil pessoas venderam o carro e passaram a utilizar a Uber para se locomover”, relembrou.

Sobre as polêmicas envolvendo taxistas e a chegada do serviço nas cidades brasileiras, Telles afirmou que a Uber não opera de maneira irregular nas cidades e que o canal de conversa com o serviço público sempre é muito claro e aberto. “Semana passada, implementamos o serviço em Porto Alegre (RS) e acredito que em 2016 iremos chegar aqui em Curitiba”, finalizou.

Sobre o evento
O Fórum Internacional iCities acontece desde 2012 com o objetivo de gerar conhecimento, lançar tendências e promover ações efetivas no segmento de Cidades Inteligentes. O evento, que se tornou um dos maiores da América Latina, apresenta tendências, cases, inspirações, produtos e serviços já implementados ou projetos em desenvolvimento. A edição 2015 conta com o patrocínio da Intertechne, Itaipu Binacional, Quiosque Natureza, Renault, Tecnisa e Universidade Positivo, além do apoio da Prefeitura Municipal de Curitiba.

CENTRALPRESS

271309_563902_dsc_0430_web_
De acordo com Telles, 68% dos usuários da Uber vieram por meio de recomendação

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.