Feriado de fim de ano requer cautela redobrada dos motoristas nas rodovias

Para dar as boas-vindas ao ciclo que se inicia e celebrar as conquistas alcançadas ao longo dos doze meses que ficam para trás, as festas de fim são caracterizadas, especialmente, pelos encontros familiares e viagens de férias. Qualquer que seja o programa, pegar a estrada nos feriados prolongados de Natal e Ano Novo é quase etapa obrigatória para garantir a diversão.

Conforme o diretor da empresa Perkons, especializada em gestão de trânsito, Luiz Gustavo Campos, esses feriados são os que usualmente elevam o movimento das rodovias, que acabam por se tornar palco frequente para acidentes de trânsito. “Velocidades acima da média permitida são um fator que intensifica a gravidade dos acidentes. A pressa em chegar ao destino, somada à quantidade de carros nas estradas, potencializa os comportamentos de risco recorrentes no dia a dia”, considera.

Para Campos, reduzir essas ocorrências depende do desenvolvimento de ações integradas de educação, engenharia e fiscalização, expressas, sobretudo, na utilização de fiscalização eletrônica. “O videomonitoramento em rodovias é um dos mecanismos mais eficientes na tarefa de desestimular condutas inseguras”, conclui. @excom.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.