MRV Engenharia tem cinco empreendimentos com Selo Obra Viva no Paraná

 

A construtora atua com métodos eficazes para atestar os cuidados ambientais desenvolvidos nos canteiros de obras

O Paraná concentra atualmente cinco empreendimentos da MRV Engenharia no conceito Selo Obra Viva, implantado inicialmente em 39 canteiros em todo o Brasil e comprovados a partir de auditorias. O Selo demonstra à sociedade um cuidado especial com o meio ambiente, comprovado com ações que vão desde a educação ambiental dos funcionários, aproveitamento de água pluvial e iluminação natural até a aplicação de logística reversa na gestão de resíduos da construção. 

“Este é um conjunto de práticas que, cada vez mais, faz parte do dia a dia da construtora em todo o país”, explica o diretor regional de produção da MRV, Ralf Haddad. “Estamos mostrando que é possível realizar os empreendimentos, possibilitar o sonho da casa própria de muita gente, com baixo impacto ambiental e, ainda, gerando economia”, pondera. 

As obras paranaenses que têm este selo estão localizadas em Curitiba (Champ Ville e Cosenza), Maringá (Merlot e Miguel Dias) e Ponta Grossa (Purunã). “No Cosenza, em Curitiba, por exemplo, o projeto construtivo colocou em destaque uma nascente localizada na parte central do terreno, onde tornamos esse elemento um diferencial arquitetônico do empreendimento, com um grande lago com peixes, tartarugas e um paisagismo especial”, pondera Haddad.

De acordo com o diretor, nestas obras há outras ações que otimizam os recursos naturais e, em contrapartida, geram economia. “Utilizamos a água da chuva nos processos construtivos e de limpeza de equipamentos e ferramentas, telhas translúcidas em todos os barracões para minimizar a necessidade de lâmpadas elétricas e garantimos o manejo e destinação ambientalmente adequado aos resíduos da construção”, explica. 

Benefício mutuo

Paralelamente ao Selo, a MRV Engenharia conta com programas para o plantio de árvores nativas nos municípios onde atua e, ainda, realiza obras nos entornos dos empreendimentos, como por exemplo, de calçamentos, melhorias em vias de acesso, reformas de escolas, construção de praças, etc. “Apenas no plantio de mudas de árvores foram investidos quase R$ 130 mil na região Sul do país, no mês de outubro. Desde janeiro de 2015 já realizamos o plantio de mais de 15,5 mil mudas”, conta Haddad. 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.