Projeto estimula iniciativas de alunos em prol do meio ambiente e das comunidades

A palavra voluntário vem do latim – ‘voluntarius’ – e significa aquele que age por vontade própria. A definição mais atual, instituída pela ONU, diz que voluntário é todo jovem ou adulto que dedica parte de seu tempo a atividades de bem-estar social, sem qualquer remuneração. Foi essa a experiência que alunos de todo o país vivenciaram ao participar do Mobiliza, projeto promovido pela Positivo Informática Tecnologia Educacional em parceria com o Instituto Positivo para escolas conectadas aoEducacional, conjunto  de soluções para a sala de aula.

Entre agosto e novembro de 2015, 114 equipes de 34 escolas em nove estados brasileiros – Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe – desenvolveram projetos ligados ao voluntariado. Após avaliação de uma equipe de especialistas, três iniciativas foram destacadas: Operação Cascudo, projeto de conservação do Rio Tatuí desenvolvido por alunos da Escola Bem Me Quer, de Tatuí – SP; Semeando Leitores,iniciativa de estímulo à leitura desenvolvida por alunos do  Colégio Global, de São Bento do Sul – SC, e Mobilizados, projeto que envolveu visitas periódicas a um lar de idosos e foi realizado por alunos do Colégio Casucha, em Santo Antônio de Platina – PR.

“Além de trabalhar as disciplinas da grade curricular da escola, o Mobiliza estimulou os jovens a realizarem ações de cidadania a favor do meio ambiente e das comunidades locais. Os alunos aprenderam as etapas da implantação de um projeto desde a sua definição até o planejamento e a execução”, afirma Patricia Sprada Barbosa, coordenadora Pedagógica do Educacional. “Os alunos conectados ao Educacional ainda tiveram a oportunidade de fazer um intercâmbio de experiências por meio do compartilhamento de fotos, depoimentos e descrição das etapas”, completa Patrícia.

Para Eliziane Gorniak, gerente de Responsabilidade Social do Instituto Positivo, quanto maior for o contato do indivíduo com uma ação transformadora, aquela que exige mais dedicação e talento para ser bem executada, melhor será o impacto social para ele próprio e para a comunidade.

Conheça, a seguir, os projetos que se destacaram:

 

Operação Cascudo – Colégio Bem me Quer – Tatuí/SP

Coordenados pelo professor de Geografia, Fernando Costa, os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental realizaram o projeto no bairro de Americana, onde acontece o encontro das águas do Rio Sorocaba e do Rio Tatuí. Juntos, os participantes definiram as etapas do projeto e foram a campo para realizá-las, limpando as margens do rio e áreas de preservação permanente, replantando mudas nativas que foram doadas pela prefeitura e conscientizando a população local, por meio da entrega de 2500 panfletos e da distribuição de placas informativas em locais estratégicos sobre a importância de preservar o rio e seus arredores. Todo o material foi elaborado pelos alunos e impactou mais de dez mil pessoas.

 

Semeando Leitores – Colégio Global – São Bento do Sul/SC

Cerca de 20 alunos de diversas turmas desenvolveram um projeto de incentivo à leitura na Escola Isolada Willy Franz, pertencente à comunidade Rio Represo, na cidade vizinha de Campo Alegre. Nesse caso, comandado pela professora Jucélia Santos Stieber, os alunos entreteram os filhos de mães que realizam atividades artesanais na escola. Em visitas quinzenais, os alunos contaram histórias, fizeram apresentações de peças teatrais criadas por eles próprios, brincaram e emprestaram seus livros para as crianças. “Realizamos uma campanha de arrecadação de livros e conseguimos mais de 70 exemplares. As crianças da comunidade sempre ficavam na expectativa pela nossa visita e perguntavam qual era a próxima programação”, contou Jucélia, reforçando a importância de ações voluntárias para o bom desenvolvimento de jovens e crianças. “Em oportunidades como essa, os alunos entram em contato com realidades completamente diferentes e acumulam experiências enriquecedoras para a vida”. O projeto beneficiou 25 crianças.

Mobilizados – Colégio Casucha – Santo Antônio de Platina/PR

Apoiar a terceira idade foi o alvo do projeto realizado pelos alunos do Ensino Médio do Colégio Casucha, que semanalmente visitaram o Lar dos Idosos São Francisco de Assis. No primeiro encontro, os alunos entrevistaram a diretora do local e depois conversaram com os 61 moradores para conhecer a história de vida de cada um. Nas semanas seguintes, foram feitas diversas atividades como dança, maquiagem, bingo, passeio pelas ruas da cidade, lanche de confraternização etc. Os alunos ainda fizeram uma campanha na escola para a arrecadação de fraldas geriátricas. 

Sobre a Positivo Informática:

A Positivo Informática (BM&FBOVESPA: POSI3) é a maior fabricante brasileira de computadores e tem destacada presença na Argentina. Emprega cerca de 4,5 mil colaboradores em suas fábricas no Brasil, localizadas em Curitiba (PR), Manaus (AM) e Ilhéus (BA), e na Argentina, na Terra do Fogo e em Buenos Aires. Integram seu portfólio de produtos desktops, notebooks, tablets, smartphones e celulares. Presença em mais de 10 mil pontos de venda no Brasil e 2 mil na Argentina, além de contar com cerca de 7 mil revendedores cadastrados em todo o Brasil. Mais informações disponíveis em http://www.positivoinformatica.com.br/ri.

Criada há vinte anos, a  Divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática oferece soluções que enriquecem o processo de ensino-aprendizagem e transformam a sala de aula em um ambiente estimulante e desafiador para os alunos. São portais,  mesas educacionais, plataformas, aplicativos e conteúdos digitais, equipamentos para escolas, alunos e professores e  programas de formação e acompanhamento pedagógico presentes em cerca de 14 mil escolas em todo o Brasil e em mais de 40 países. Mais informações sobre a Divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática: www.positivoteceduc.com.br
Curta a página oficial no Facebook no endereço www.facebook.com/positivotecnologiaeducacional

<fernanda@rosaarrais.com.br>

image003 image007 image005

image001

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.