Quarta edição do Desafio Renault Experience premia os melhores projetos universitários

O Desafio Renault Experience, concurso acadêmico promovido pelo Instituto Renault, encerra sua quarta edição com projetos de universidades de todo o Brasil das áreas de Comunicação, Design, Engenharia e Negócios (Marketing, Administração e cursos afins). O objetivo desta edição foi estimular alunos de graduação a contribuírem com ideias criativas e inovadoras sobre projetos de educação para segurança no trânsito.

Ao longo de todo o ano, o Desafio Renault Experience recebeu 239 trabalhos acadêmicos de 403 alunos matriculados em 56 diferentes universidades. Foram inscritos 82 trabalhos em Comunicação, 73 na área de Design, 55 em engenharia e 29 em Negócios. Os três melhores trabalhos em cada categoria e os alunos envolvidos foram convidados a apresentar e defender seus projetos frente à comissão julgadora no Complexo Industrial Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR).

Os alunos de Engenharia apresentaram projetos sobre inovação em itens de segurança nos veículos, enquanto os de Comunicação propuseram campanhas sobre o tema “Educação para Segurança no Trânsito”. Sobre a mesma temática, estudantes das áreas de negócios criaram um plano estratégico para uma montadora. A turma do Design abordou o tema “Veículo Autônomo”, também focado em segurança.

“O Desafio Renault Experience aborda um ponto essencial: a educação. Os projetos ainda se relacionam com motoristas do futuro e estimulam uma mudança de comportamento”, comenta Denise Del Negro, assessora de comunicação do Ministério das Cidades.

Conheça os projetos vencedores:

Engenharia
O projeto “Sistema de segurança para condução com as mãos”, do aluno Luiz Guilherme Martinho Sampaio Ito (UFPEL – Universidade Federal de Pelotas) foi o grande destaque da categoria. O objetivo é desenvolver um dispositivo de segurança associado à direção do automóvel, com a finalidade de motivar o motorista a manter as duas mãos ao volante pelo maior tempo possível durante o deslocamento do veículo.

Design
O aluno Gustavo Martins Petito, do Instituto Mauá (SP), se sagrou vitorioso com o projeto “Renault Like”, que propõe um crossover compacto e autônomo que visa levar conforto, conectividade e segurança aos passageiros e, ao mesmo tempo, proporcionar experiências como interação entre outros passageiros de diferentes veículos.

Comunicação
Os alunos Gil Rezende e Gabriella Chafin (ESPM-RJ) conquistaram o primeiro lugar com o projeto “#MELHOR NEM IMAGINAR (Copiloto Renault)”. A ideia é conscientizar os motoristas – especialmente os jovens  sobre os perigos do trânsito com uma linguagem moderna e jovem. O projeto explora ferramentas de Marketing Digital, Publicidade, PR e Mobile.

Negócios
O melhor projeto de Negócios ficou a cargo de Erick Cardeal dos Santos e Juliana Almeida dos Santos, estudantes da Mackenzie (SP). O projeto “Pit Stop Renault” tem como objetivo criar ações em diversas plataformas para levar o tema segurança no trânsito especialmente para o público adolescente. Entre as ações propostas está a criação da Van School, que frequentaria colégios e formaria alunos do 3º ano do Ensino Médio como “embaixadores em segurança no trânsito”.

Os 1º colocados, por categoria, ganharam uma viagem para Paris com direito a uma visita ao Centro de Engenharia e Design da Renault. Os 2º colocados por categoria (aluno) receberam R$ 5 mil e os 2° colocados por categoria (professor), 01 tablet. Os 3º colocados por categoria (alunos) receberam R$ 2,5 mil por grupo e os 3° colocados por categoria (professores), 01 tablet.

“O Renault Experience estimula a construção de conhecimento e a inteligência coletiva. Os alunos envolvidos no projeto vivem um ambiente de compartilhamento e construção coletiva. O desafio é um aprendizado para a vida”, diz a professora doutora Maria Carolina Garcia, do Centro Universitário Belas Artes (São Paulo).

O Desafio Renault Experience faz parte da estratégia do Instituto Renault de reforçar a sua atuação em temas ligados à segurança e educação no trânsito. Seu lançamento no mês de maio foi uma referência ao movimento “Maio Amarelo” pela segurança no trânsito, e à Década de Segurança da ONU, da qual a Renault é signatária.

INSTITUTO RENAULT
O Instituto Renault tem como objetivo promover ações voltadas para a sustentabilidade socioambiental. Funciona com base em três eixos: Capital Humano, voltado ao Desenvolvimento Social, Educação e Diversidade (onde se enquadra o projeto de geração de renda da Associação Borda Viva); Educação para Segurança no Trânsito, focado na responsabilidade social e do qual faz parte o projeto O Trânsito e Eu, além do Meio Ambiente, eixo que promove a sustentabilidade ambiental.

Os temas Educação e Segurança no Trânsito são prioritários para o Instituto Renault desde a sua criação, há cinco anos. Além do Desafio Renault Experience, dirigido ao público universitário, o Instituto desenvolve outras importantes ações nesta área, como o projeto  “O Trânsito e Eu”,  voltado às crianças de 7 a 11 anos e que já formou cerca de 7.000 crianças. Promove também, em parceria com outras instituições (Sesi / Cifal -Centro Internacional de Formação de Atores Locais, ligado à ONU, e  concessionária Ecovia), o Open Fórum Trânsito e Transformação, para o debater e buscar soluções para as questões de trânsito, além de apoiar a realização do Road Show,  um programa educacional multimídia de segurança viária para o público jovem (16 a 21 anos) desenvolvido e apresentado pela TRAFPOL – IRSA –  International Road Safety Academy , da Espanha, que já percorreu dezenas de países com grande sucesso. No conjunto das suas ações, o Instituto Renault já promoveu e apoiou iniciativas que já beneficiaram mais de 300 mil pessoas.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.