Batalha de Aplicativos rende prêmio internacional de educação

O Desafio Apps in Class, projeto desenvolvido pelo Centro de Inovação Pedagógica (CIP) da Universidade Positivo (UP), conquistou o prêmio “Reimagine Education 2015 Awards”, promovido pela Wharton University of Pennsylvania and QS Stars. Com inscrições de 520 universidades e empresas de 50 países, os 22 prêmios foram julgados por 40 especialistas internacionais.

A competição global premiou a batalha de aplicativos da UP com a 3ª colocação na Categoria Regional – América Latina. De acordo com Márcia Sebastiani, diretora do Centro de Inovação Pedagógica, conquistar um dos prêmios mais concorridos entre as instituições de Ensino Superior é muito importante. “O prêmio é um estímulo importante para continuarmos a desenvolver projetos que visem a melhoria da qualidade da educação e, consequentemente, possam ser reconhecidos internacionalmente”, explica.

Desafio Apps in Class

A batalha de aplicativos promoveu o mobile learning entre professores e alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Direito, Odontologia e Formação Básica de Negócios. Segundo Márcia Sebastiani, o objetivo era mostrar que qualquer aluno pode criar aplicativos para celulares e que isso não demanda dos professores nenhuma habilidade especial. O resultado é maior satisfação e aprendizagem por parte dos estudantes.

Inovação na Educação

O Desafio Apps in Class é uma das iniciativas do Centro de Inovação Pedagógica (CIP) da Universidade Positivo, um núcleo de pesquisas e desenvolvimento de serviços e processos inovadores, focado na evolução e modernização do ensino na educação básica e superior, em instituições públicas e privadas. O CIP foi criado para criar e implementar projetos inovadores na área educacional, capazes de melhorar, cada vez mais, o aprendizado dos alunos, com base em monitoramento e resultados reais.

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo (UP) concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, ocupa uma área de 424,8 mil metros quadrados e oferece 55 cursos de Graduação (31 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 24 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão. Lançou, em 2013, seu programa de Educação à Distância, com dezenas de polos em todo o país. Segundo as avaliações do Ministério da Educação, é considerada uma das melhores universidades privadas do Brasil.

centralpress

273203_570103_257677_518522_apps_in_class_web_

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.