Nascimento, Vida e Morte no Egito Antigo no Museu Egípcio de Curitiba

Por Emanuelle Spack

 

Curitiba é uma cidade que encanta pela beleza, pela vasta área verde, pelo clima agradável, pelos parques e também pela ampla área cultural com espaços dedicados aos mais diferentes trabalhos artísticos. Na Ordem Rosacruz AMORC é possível conhecer a cultura egípcia antiga visitando o Museu Egípcio que está localizado no Bosque Rosacruz, no bairro Bacacheri.

Quem mora em Curitiba ou quem estiver passeando pela cidade poderá visitar a exposiçãoNascimento, Vida e Morte no Egito Antigo, que fica aberta até o mês de agosto. Nela o visitante poderá conhecer cerca de 200 objetos que representam a cultura egípcia em seus diversos segmentos. “Para organizar as exposições egípcias nós escolhemos um tema de acordo com o nosso acervo, realizamos pesquisas para a produção de material de apoio, classificamos a apresentação dos temas para os visitantes pensando no percurso da exposição, que assuntos trataremos primeiro e depois as peças são selecionadas de acordo com este percurso”, conta Vivian Tedardi, supervisora cultural da Ordem Rosacruz em Curitiba.

Cada legenda é pensada avaliando o objeto a ser exposto de acordo com o tema da exposição. Hoje, com os recursos tecnológicos disponíveis, os visitantes do museu podem fazer pesquisas por assuntos e imagens nos Tablets que estão acessíveis para este fim. Outro detalhe novo desta exposição é um vídeo que mostra a reconstrução facial da múmia Tothmea, a peça mais importante do Museu Egípcio, que possui cerca de 2700 anos e está na coleção do museu desde 1995.

No Museu Egípcio há réplicas fieis de objetos relacionados ao Antigo Egito cujos originais são conservados no acervo de diversos museus europeus, egípcios e norte-americanos. Esses objetos relacionam-se a muitos aspectos da vida daquele povo, assim como à sua organização social, sua religião e sua política.

As exposições apresentam suas peculiaridades, Nascimento, Vida e Morte no Egito Antigo,em especial, demonstra o nascimento e a infância no Egito, os ofícios realizados, a crença religiosa e a relação dos egípcios com a morte através do processo de mumificação. “Há também a réplica de uma capela funerária na qual está exposta a múmia Tothmea. As pinturas desta sala são idênticas as realizadas pelos antigos egípcios durante o período do Reino Novo”, explica Vivian.

Não perca a chance de enriquecer seus conhecimentos sobre uma civilização da antiguidade que marcou sua história. A exposição é pensada para aqueles que desejam conhecer um pouco mais sobre o Egito Antigo, para aqueles que são curiosos, para aqueles que se identificam com esta cultura, para aqueles que gostam de visitar museus, para aqueles que gostam de ir em exposições e para você.

Aguardamos sua visita!

 

Serviço

Evento: Exposição “Nascimento, Vida e Morte no Egito Antigo”

Data: até o mês de agosto de 2016.

Local: Museu Egípcio Rosacruz – AMORC

Endereço: Rua Nicarágua, 2620 – Bacacheri – 82515-260 – Curitiba, Paraná.

Entrada: Franca

Horário: de segunda a sexta-feira das 08h às 12h e das 13h às 17h:30 e aos sábados das 14h:30 às 17h:00.

Mais informações: http://urci.org.br/museuegipcioerosacruz/

rosacruz@amorc.org.br>

Créditos das fotos: Marco Antonio A. Ferreira

1d282b73-f740-4c37-82fb-731fb977a91b

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.