Ocupação na rede hoteleira de Curitiba fica acima dos 60% em janeiro

Avaliada como um dos destinos turísticos mais competitivos do País nos últimos dois anos, Curitiba tem atraído cada vez mais visitantes para conhecer suas soluções inovadoras nas áreas de urbanismo, meio ambiente e transporte, e também seus parques, praças e museus.

Na primeira quinzena de janeiro, a taxa de ocupação hoteleira da cidade manteve-se acima dos 60%, o que é considerado um bom percentual pelo Instituto Municipal de Turismo (CTur), já que a média anual de ocupação fica em 50%. Durante os jogos realizados na Arena do Atlético Paranaense pela Copa do Mundo de 2014, por exemplo, a ocupação média foi de 68%.

A presença de visitantes na cidade é importante porque movimenta toda a cadeia produtiva que tem impacto em mais de 50 segmentos da economia. “Os turistas vêm para conhecer a cidade e interferem positivamente na economia, seja com a alimentação, hospedando-se em hotéis, visitando lugares ou apenas comprando souvenirs. Todo investimento realizado para promoção e atração de turistas para Curitiba retorna através de arrecadação ao município”, explicou a diretora de turismo do Ctur, Cristiane Santos.

Estima-se que o turismo tenha movimentado em Curitiba, no ano passado, mais de R$ 6 bilhões. Pelos levantamentos do Ctur, cada turista que chega a capital paranaense gasta por dia, em média, US$ 106, aproximadamente R$ 420 e permanece na cidade por quatro dias.

Outro indicador positivo para o setor é a abertura nesta semana, no centro de Curitiba, de um hotel integrante do maior grupo hoteleiro do mundo que está em expansão pelo País.

Música

Além dos diversos pontos turísticos, Curitiba oferece mais um atrativo neste mês de janeiro para seus visitantes. Trata-se da Oficina de Música que está na sua 34ª Edição e durante vinte dias movimenta a cidade com apresentações de músicos e cursos. É a maior edição já realizada considerando o número de espetáculos, profissionais e alunos envolvidos. No total serão realizados 105 eventos, 128 cursos – realizados na PUC-PR -, com 187 professores e participantes vindos dos Estados Unidos, Irlanda, Alemanha, Áustria, Polônia, Inglaterra, França, Itália, Rússia,  Argentina, Chile, Israel, Japão.

Segundo dados do CTur, aproximadamente 350 mil pessoas visitam Curitiba em janeiro, estimativa que deve ser mantida neste ano.

00176300
Foto: Arquivo/SMCS

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.