Renault mantém liderança no segmento de veículos utilitários leves

Grupo Renault teve excelentes resultados em 2015 no mercado de veículos utilitários leves (VUL), com crescimento de 12,4% e 3,76% de participação de mercado mundial.

Resultado confirma a transição do Grupo, passando de líder regional em VUL ao patamar de grande player mundial.

Renault teve crescimento de 16,9% na Europa, em um mercado em progressão de 11,4%, representando um ganho de 0,71 ponto e atingindo 15% de participação de mercado, uma progressão equivalente a 29.000 unidades.

Pelo 18º ano consecutivo, a marca Renault é líder em veículos utilitários leves na Europa.

De líder regional a grande player mundial

Mais uma vez o Grupo Renault apresenta uma performance extraordinária no mercado global de veículos utilitários leves, com 387.000 unidades entregues. Os volumes do Grupo Renault estão em aumento de 12,4%, enquanto que o mercado global (com exceção da América do Norte) está em queda de 6,3%.

A participação de mercado global do Grupo Renault no segmento de veículos utilitários leves atingiu 3,76%, com um ganho de 0,63 ponto em comparação com 2014.

Em 2015, 92.400 veículos foram vendidos fora da Europa. Este resultado foi obtido mesmo com a queda de vários grandes mercados, como Brasil ou Argélia. O Grupo Renault avançou em todas as regiões, com exceção da AMI (África, Oriente Médio e Índia), onde as vendas foram impactadas pela retração no mercado argelino.

O Grupo Renault comercializa sua gama de VUL em 112 países, e seus modelos estão entre os três mais vendidos em vários mercados.

  • AMI (África / Oriente Médio / Índia): A Renault é líder no Norte da África desde 2010, com 15,7% de participação de mercado. Kangoo, Master e Dokker são líderes na Argélia e no Marrocos.
  • América Latina: ARenault está entre as 3 principais marcas na América do Sul desde 2008, graças aos modelos Kangoo e Master. A participação de mercado alcançou 3,9%, em alta de +0,57 ponto, apesar de condições de mercado difíceis no Brasil e na Argentina.

A picape Duster Oroch, a primeira produzida pela Renault com capacidade para meia tonelada, foi lançada em novembro no Brasil, onde já recebeu o prêmio de “picape do ano” duas vezes. Este novo produto vai contribuir para a progressão das vendas em 2016.

  • Ásia / Pacífico: Um novo recorde de vendas foi conquistado na região nos 15 últimos anos, graças à performance da Renault na Austrália, onde os volumes de vendas de VUL avançaram mais de 10%. O Kangoo é o segundo modelo mais vendido, seguido pelo Master, que ocupa a terceira posição.
  • Eurásia: A participação de mercado aumentou 1,71 ponto e atingindo 8% na região, graças a nosso principal mercado, a Turquia, onde as vendas da Renault avançaram  80%.

Case de sucesso há 18 anos na Europa

A Renault é líder no segmento de veículos utilitários leves na Europa pelo 18º ano consecutivo segundo a ACEA (Associação Europeia de Montadoras de Automóveis), resultado das boas performances do Kangoo, Master e Novo Trafic, que recebeu vários prêmios desde o lançamento.

Em um mercado europeu em progressão de 11,4%, a posição da Renault avançou em todos os principais países, como Alemanha, Itália, Espanha e, principalmente, no Reino Unido (+1,2 ponto, registrando a melhor performance neste mercado).

Na França, a participação de mercado da Renault cresceu 1,2 ponto, que agora tem 32,85%, o melhor resultado da marca desde 2006. Kangoo, Trafic e Master ocupam os primeiros lugares em seus respectivos segmentos.

Expertise em veículos utilitários leves

A Renault tem uma grande expertise em veículos utilitários. Na cidade francesa de Villiers-Saint-Frédéric, as equipes de engenharia contam com instalações dedicadas ao desenvolvimento de Veículos Utilitários, incluindo projeto e concepção de produtos, protótipos, cálculos, realização de maquetes, testes e validações. Os modelos Kangoo, Trafic e Master foram desenvolvidos com sucesso neste centro, onde os engenheiros podem acompanhar projetos tanto nas fábricas de produção da França como em outros países.

Hoje, a excelência e o know-how das fábricas da Renault são reconhecidos por outras marcas de VUL, tendo sido assinadas parcerias com a GM, Daimler, Renault Trucks e, mais recentemente, com a Fiat – sem contar a Nissan, que é parceira da Renault por meio da Aliança.

Já as plantas de produção estão distribuídas em três continentes:

  • América do Sul: a Renault produz o Kangoo na Argentina e o Master no Brasil.
  • África: o Grupo Renault produz o Dokker em sua mais nova fábrica na cidade de Tânger (Marrocos), onde a produção cresceu 28%, chegando a mais de 71.000 veículos.
  • França: as três fábricas francesas têm registrado recordes de produção:
  • Batilly: 126.575 furgões foram produzidos, incluindo modelos montados para empresas parceiras (batendo o recorde de 2006, quando foram produzidas 112.142 unidades). Um furgão Master sai da linha de produção a cada dois minutos.
  • Sandouville: 93.000 unidades foram produzidas, incluindo o Novo Trafic e veículos montados para a GM. Baseado na plataforma do Trafic, um novo modelo será produzido a partir de meados de 2016 para a Fiat.
  • Maubeuge: 151.000 unidades do Renault Kangoo e do Mercedes Citan foram produzidas, registrando alta de 9% em relação a 2014.

Através da bandeira Renault Pro+, o Grupo Renault oferece serviços especializados, dedicados aos compradores e usuários de veículos utilitários em todo o mundo. Ao oferecer produtos e serviços sob medida em uma rede especializada, a marca Renault Pro+ vai transformar a experiência dos clientes antes, durante e depois da compra. A marca especializada Renault Pro+ representa a promessa da Renault junto aos seus clientes, bem como suas ambições no mercado mundial de veículos utilitários.

“Estamos confiantes no futuro, tendo em vista nossos bons resultados em todo o mundo, com 12,4% de crescimento. Também temos orgulho de confirmar nossa posição de líder na Europa pelo 18º ano consecutivo. O ano de 2015 foi ainda mais especial, com o lançamento da nossa marca especializada Renault Pro+. Esta nova marca representa nossa vontade de oferecer uma gama de produtos e serviços adaptados a todas as necessidades de nossos clientes!”,comentou Ashwani Gupta, diretor da Divisão de Veículos Utilitários.

ACEA (Associação Europeia das Montadoras de Veículos)

Países considerados na definição da ACEA:

EU15: estados-membros antes da ampliação de 2004: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Holanda, Portugal, Reino Unido e Suécia.

EU11: estados-membros que integraram a União Europeia a partir de 2004: Bulgária, Croácia, Estônia, Hungria, Letônia, Lituânia, Polônia, República Tcheca, Romênia, Eslováquia, Eslovênia.

Dados de Chipre e Malta não disponíveis.

EU: EU15 + EU11

EFTA: Islândia, Noruega, Suíça.

Europa ampliada: EU + EFTA

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.