Guaíra será sede do Campeonato Paranaense de Slackline

Entre os dias 20 e 21 de fevereiro, a cidade de Guaíra, no Oeste do Paraná, será palco da primeira etapa do Campeonato Paranaense de Slackline 2016. A competição integra o Festival Itaipu Slack Sup Day, que contará ainda com atividades de iniciação ao slackline e ao stand up paddle (SUP) – a remada em pé em cima de uma prancha. O campeonato e o festival têm o apoio da Itaipu Binacional.

Com a chancela da Federação Paranaense de Slackline, o evento terá a participação de 30 atletas, entre homens e mulheres, de diversas cidades do Estado. O sábado (20) será dedicado aos treinos e atividades recreativas abertas ao público. As disputas ocorrerão durante todo o domingo (21), no Centro Náutico Marinas.

De Foz do Iguaçu, um time de peso já treina para as competições. Entre os destaques estão Hallan Garcia, primeiro lugar no Campeonato Paranaense de 2015 e atual campeão do Circuito Gaúcho de Slackline; Ana Carolina Andrade, 1º lugar na categoria feminino do Paranaense de 2015; Dalva Machado, 3° Lugar na categoria feminino do Campeonato Brasileiro de Slackline de 2015, e João Gabriel Teixeira (John Nose), 4º colocado no Campeonato Gaúcho e 3º lugar no Paranaense de 2015. Todos eles também participaram da Copa do Mundo de Slackline, que aconteceu em outubro do ano passado, em Foz do Iguaçu.

Outra equipe, formada por atletas de renome internacional, estará presente para comandar a arbitragem do campeonato. São eles: Allan Pinheiro, um dos maiores nomes do highline brasileiro e árbitro internacional; Diogo Fernando, campeão do Latino Americano Open 2014; Gabriel Aglio, top 10 do ranking mundial e primeiro campeão brasileiro de slackline em 2011; e Carlos Neto, campeão mundial em 2014.

SUP

Durante o festival, instrutores de stand up paddle (SUP) de Foz do Iguaçu e Cascavel estarão no Centro Náutico Marinas orientando os iniciantes sobre a prática do esporte.

De acordo com os organizadores, ao levar o SUP à Guaira, a ideia é dar visibilidade à modalidade que não para de crescer no Paraná. “O esporte que há alguns verões virou febre nas praias, rios e lagos, encontra na região do Lago de Itaipu as condições perfeitas para a interiorização dessa onda, dando oportunidade para a comunidade local aderir à cultura desse esporte sensacional”, disse gestor da Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia(Adere), Raby Khalil.

Em 2013, Foz do Iguaçu foi palco do primeiro Campeonato Brasileiro de River Sup – uma das vertentes dostand up paddle. Com o sucesso do evento, em 2015 a cidade voltou a sediar outro campeonato brasileiro, desta vez da modalidade Sprint Olímpico, e desde então ficou reconhecida como a capital brasileira do River SUP. Estes eventos aconteceram no Canal Itaipu, a primeira pista artificial de águas bravas da América do Sul. A segunda é a pista do Rio de Janeiro, construída para a Olimpíada deste ano.

Guaíra

A escolha por Guaíra como sede aconteceu em função do compromisso dos organizadores de fomentar os esportes radicais e impulsionar o turismo da região. “Daremos continuidade aos trabalhos desenvolvidos com o slackline e o SUP em 2015. A ideia é incentivar a cultura esportiva na região, e Guaíra é um importante município, com uma estrutura completa para a realização destes eventos”, afirmou Khalil.

O Festival Itaipu Slack Sup Day é uma realização da Itaipu Binacional e da Adere, com apoio do Conselho Municipal de Turismo de Guaíra (Comturg), Secretaria de Turismo, Prefeitura Municipal de Guaíra e produção da River Games Sport Business.

Serviço

– Primeira etapa do Campeonato Paranaense de Slackline 2016 e Festival Itaipu Slack Sup Day

– 20 e 21 de fevereiro

– Centro Náutico Marinas, em Guaíra (PR)

– Entrava livre

– Assessora de imprensa do evento: Thays Petters (45-9926-2059), de Foz do Iguaçu (PR)

Crédito das fotos anexadas: Marcos Labanca.

<imprensa.itaipu@cliptime.com.br>

25476_Sem Título-2 30144_Sem Título1 30444_BrasileiroSupSprint (1)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.