Brasil se destaca como mercado emergente na produção de aves e suínos

Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), o futuro é promissor para as indústrias avícolas e suínas brasileiras. As previsões apontam que as exportações de carne suína devem continuar competitivas em mercados guiados por preço, como o Leste Europeu e a Ásia. No caso do frango, reconhecido pelo custo de produção reduzido, a produção nacional deve responder pelo aumento de 46% nas exportações mundiais até 2023. Após se posicionarem no mercado, o desafio lançado aos produtores é administrar o cenário de expansão global, assunto de destaque nos debates do One: O Simpósio de Ideias Alltech, empresa líder no setor de nutrição e saúde animal.

O evento será realizado entre os dias 22 a 25 de maio, em Lexington, Kentucky (EUA), e, no aspecto técnico, oportuniza a troca de experiência direta com o principal mercado de suínos da atualidade, que é o norte-americano. “O Simpósio proporciona uma experiência ímpar com o acesso as principais pesquisas relacionadas à suinocultura no mundo. No Brasil, já evoluímos com a retirada por algumas empresas da ractopamina, utilizada para melhorar os índices zootécnicos como ganho de peso, conversão alimentar e percentual de carne magra, o que tem facilitado o acesso ao mercado internacional. Mas ainda precisamos nos aperfeiçoar para conseguir ampliar nossa parcela exportadora e focar na produção livre de antibióticos, que é a principal tendência entre os consumidores”, avalia o gerente em suinocultura da Alltech do Brasil, Julio Acosta.

Nos debates sobre avicultura, as questões mercadológicas devem ser o principal tópico. “A produção e a comercialização global do frango passa por um período de diversas mudanças, com o Brasil assumindo a posição de segundo maior produtor mundial da proteína. Além disso, a indústria nacional tem se mostrado um exportador bastante competitivo, ganhando, com isso, espaço em diversos mercados. Por isso, a expectativa é que a avicultura brasileira seja destaque durante o One”, acredita o gerente em avicultura da Alltech do Brasil, Felipe Fagundes.

Negócios

Com as inscrições abertas no site one.alltech.com/pt/, além das abordagens técnicas, o Simpósio tem como objetivo  trazer  os melhores pensamentos e conceitos sobre inovação e gestão de negócios disponíveis no mercado, bem como casos de sucesso de outras áreas que podem ser aplicados no agronegócio. Nesta edição, um dos debates importantes envolve tecnologia e negócios, com a palestra do cofundador da Apple, Steve Wozniak.  Além dele, participam do One o ex-presidente e CEO da Ford Motor Company, Alan Mulally, o autor e empresário, Seth M. Siegel, e o treinador da equipe masculina de basquete da University of Kentucky, John Calipari. A expecatativa é reunir mais de três mil pessoas, superando o ano de 2015, que contou com a participação de representantes de mais de 70 países.

Serviço:

One: Simpósio de Ideias Alltech 

22 a 25 de maio de 2016
Interessados em participar do evento deverão enviar solicitação para eventosbr@alltech.com ou (41) 3888-9288

Aproveite a oportunidade e inscreva-se antes de 29 de fevereiro, garantindo um desconto de US$ 400,00.

Mais informaçõeshttp://one.alltech.com/pt/.

*Tradução simultânea para português. Consultar disponibilidade nas salas.

 

Sobre a Alltech

Fundada em 1980 pelo empresário e cientista irlandês, Dr. Pearse Lyons, as soluções da Alltech melhoram a saúde e o desempenho de animais e plantas, por meio da nutrição natural e da inovação científica. Para isso, conta com mais de 4.700 colaboradores, que seguem os princípios de sempre buscar o benefício para os animais, os consumidores e o meio-ambiente em suas atividades. A sede mundial da Alltech está localizada em Lexington, Kentucky (EUA), e a empresa tem uma forte presença em todas as regiões do mundo com operações em 128 países, sendo que o Brasil é o segundo maior volume de produção mundial do Grupo. A Alltech do Brasil é formada por uma unidade fabril em São Pedro do Ivaí (PR) e por um centro administrativo e planta industrial em Araucária (PR) e uma unidade em Indaiatuba (SP).

A proposta da Alltech é melhorar a saúde e desempenho adicionando valor nutricional naturalmente com uso inovador de fermentação como leveduras, tecnologia enzimática, algas e nutrigenômica. (Centro de Comunicação)

Alltech Rebelation kicks off in Lexington, Kentucky.
Alltech Rebelation kicks off in Lexington, Kentucky. Foto: Simpósio Alltech 2015. Créditos: Alltech.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.