Busca de imóveis para locação supera interesse pela compra, diz pesquisa

O contexto econômico é de incertezas e os consumidores estão inseguros para assumir dívidas em longo prazo. Decisão que, somada à restrição de crédito, influencia diretamente a compra de um imóvel. Com isso, a locação ganha cada vez mais espaço no setor imobiliário. É o que revela pesquisa realizada pelo portal Zap Imóveis: pela primeira vez em 15 anos, o interesse pelo aluguel foi maior do que pela compra de imóveis. Até dezembro de 2014, 60% das buscas no site eram destinadas à compra e 40% a aluguel. Um ano depois, o quadro inverteu: 62% procuram imóveis para alugar e 38% para comprar.

A diretora-presidente do Grupo Gonzaga, Marília Gonzaga, destaca que com o aumento nos estoques de locação, as imobiliárias passaram a investir em ações que facilitam o aluguel, atraindo mais interessados. Uma das iniciativas com maior resultado no Grupo Gonzaga é o seguro-fiança gratuito para novos inquilinos. “Muitas pessoas deixam de alugar por não poder pagar o seguro-fiança ou não ter um fiador para indicar. Com o seguro-fiança gratuito para o inquilino, agilizamos o processo sem abrir mão da segurança, já que a inflexibilidade na garantia pode comprometer o fechamento de novos contratos”, explica. A novidade da imobiliária é válida para imóveis residenciais e não dispensa a análise de cadastro do inquilino, que deve ser aprovado pela seguradora.

A expectativa do Grupo Gonzaga, ainda de acordo com a diretora, é que o volume de negócios aumente no decorrer do ano, tanto em relação à locação quanto à compra de imóveis, já que o aumento da procura pelo aluguel pode atrair investidores interessados em adquirir imóveis para alugar.

 

Sobre o Grupo Gonzaga: Composto pela Gonzaga Aluguel e pela Gonzaga Imóveis, o Grupo Gonzaga administra mais de 8 mil imóveis em Curitiba, incluindo mais de mil unidades disponíveis para venda e locação. Com quatro lojas na cidade e cerca de 300 funcionários, o Grupo Gonzaga atua no mercado imobiliário curitibano há 60 anos.  <kariny.martins@cupola.com.br>

3 Comentário

  1. Nada é de graça, o Seguro-Fiança sendo pago pelos proprietário, que não estão suportando ficar com o imóvel vazio, pagando condomínio, IPTU e manutenção.

    O mercado imobiliário é ajudou a fazer esta crise com um enorme BOLHA IMOBILIÁRIA.

  2. Nada é de graça, o Seguro-Fiança sendo pago pelos proprietário, que não estão suportando ficar com o imóvel vazio, pagando condomínio, IPTU e manutenção.

    O mercado imobiliário é ajudou a fazer esta crise com um enorme BO LHA IMOBI LIÁRIA.

  3. Nada é de graça, o Seguro-Fiança sendo pago pelos proprietário, que não estão suportando ficar com o imóvel vazio, pagando condomínio, IPTU e manutenção.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.