Últimas

Campanha de segurança busca orientar população sobre cuidados com a linha férrea

Concessionária fará distribuição de leques com mensagens divertidas de segurança

“O som do trem não é marchinha. Então vê se não dança”. Esse é o slogan da campanha de segurança ferroviária da Rumo ALL para sensibilizar e conscientizar a população sobre os cuidados que devem ser tomados em relação à linha férrea neste período de carnaval. A campanha, lançada esta semana, atingirá várias cidades situadas ao longo da sua malha ferroviária nos estados de SP, PR, SC, RS, MT e MS.

As ações contam com a distribuição de materiais informativos e abordagem em passagens em nível (cruzamentos de ruas com a linha férrea). Os mais de 300 mil leques de papel, produzidos para utilização dos foliões nos tradicionais bailes e blocos de rua, trazem mensagens divertidas de orientação sobre como curtir o período com segurança.  O material será distribuído por meio de secretarias de cultura e lazer, blocos, prefeituras e praças de pedágio da concessionária Autopista Planalto Sul, parceiros na campanha.

“O leque é um adereço bacana usado nesse tipo de festa e traz mensagens descontraídas e ao mesmo tempo impactantes, chamando atenção sobre a postura que devemos tomar para evitar acidentes”, explica Carmen Maron, coordenadora de Relações Sociais da Rumo ALL.

A concessionária também realizará blitzen educativas em passagens em nível com abordagem direta aos motoristas.

Dicas de segurança:

·         Antes de atravessar a linha do trem, seja de carro, moto, caminhão ou a pé, PARE, OLHE E ESCUTE;

·         Estacione seu veículo longe da linha;

·         De carro, caminhão, moto ou a pé aguarde a passagem do trem a uma distância segura dos trilhos;

·         Não pegue carona no trem e nem suba no vagão, mesmo se ele estiver parado;

·         A linha férrea não é lugar para brincar ou descansar;

·         Não jogue pedra ou qualquer outro objeto no trem;

·         Não jogue lixo na ferrovia;

·         Não mexa nos equipamentos ferroviários (vagão, locomotiva, linha, sinalização etc);

·         Atravesse a linha do trem somente nas passagens autorizadas;

·         Não utilize celular ao cruzar a linha do trem, seja de carro, moto, caminhão ou a pé;

·         Não ocupe as áreas laterais existentes ao longo da linha férrea. Elas são consideradas áreas de segurança da ferrovia;

·         A prática do surf ferroviário é proibida e pode levar à morte. Denuncie se identificar pessoas clandestinas nos vagões;

·         Redobre a atenção em caso de neblina ou vidros embaçados;

LEMBRE-SE:

·         Um trem não consegue parar de imediato. Diferente dos veículos, ele precisa de 300 a 800 metros para parar completamente, a partir da aplicação do freio de emergência;

·         De acordo com o artigo 212 do Código Nacional de Trânsito, a linha férrea é sempre preferencial, e transpô-la sem parar totalmente o veículo é infração gravíssima, sujeita a perda de sete pontos na carteira;

•          A comunidade pode ajudar a garantir a segurança da ferrovia. Ao observar qualquer irregularidade, com pessoas caminhando ao longo da linha, início de construções ou ocupações das áreas situadas ao lado da ferrovia ou qualquer outro fator de risco, entre em contato com a RUMO ALL pelo telefone 0800 701 2255.

 

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*