De São Paulo a Buenos Aires de Sandero R.S. 2.0

A bordo do esportivo Sandero R.S 2.0, quatro brasileiros estão se aventurando pelas estradas brasileiras até a capital da Argentina no chamado “Track Day Hunters”.

A viagem começou em São Paulo. A primeira parada foi São José dos Pinhais, no Paraná, com visita à fábrica da Renault e passagem por cartões postais de Curitiba, como o Jardim Botânico, o Museu Oscar Niemeyer e o Teatro Guaíra. Dali, seguiram para a sinuosa e belíssima Serra do Rio Rastro, locação ideal para testar as características do esportivo Sandero R.S. 2.0.

A última parada antes de chegar à capital argentina será a cidade de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. Já em Buenos Aires, a equipe vai passar pelos principais pontos turísticos da cidade e fazer um pit stop no treino do Campeonato FIA de Fórmula E – o ePrêmio de Buenos Aires – para registrar os bastidores da pista e dos boxes.

No sábado (dia 6), a equipe vai acompanhar a quarta prova do Grande Prêmio da Fórmula E com os pilotos da Renault e.dams, Sébastien Buemi e Nicolas Prost, que estão em primeiro lugar no campeonato de Pilotos e Equipes.

Composta pelos jornalistas Eduardo Antonialli e Cleber Bernuci, pelo fotógrafo Eduardo Bairros e pelo cinegrafista Rodrio Walker, a equipe está registrando todos os detalhes com fotos, vídeos e textos nos canais sociais da Renault durante a viagem. Na próxima semana vai ao ar o diário de bordo da aventura no site da Renault (www.renault.com.br).

Sobre o Sandero R.S. 2.0

Desenhado e desenvolvido pela Renault Sport, em conjunto com as equipes de design e engenharia da América Latina, o Sandero R.S. 2.0 é um legítimo esportivo. Com motor 2.0 aspirado, que entrega 150 cv e 20,9 kgfm com etanol, associado a um câmbio manual de 6 velocidades com relações curtas para maior esportividade, o “hot hatch” atinge a velocidade máxima de 202 km/h e vai de 0 a 100 km/h em apenas 8,0 segundos, chegando a 1.000 m em 29,4 segundos com o veículo parado. O Renault Sandero R.S. 2.0 se destaca por sua capacidade de proporcionar sensações esportivas desde o primeiro toque no acelerador, além de muito prazer na utilização diária.

Além do propulsor, as principais alterações em relação ao Sandero Dynamique são as novas regulagens de suspensão, o assistente de arrancada em subida (HSA), o sistema de freios a disco nas quatro rodas, o controle eletrônico de estabilidade (ESP) com regulagem específica R.S. e o sistema de direção eletro-hidráulica (EPHS), além dos três modos de condução que podem ser selecionados através do botão “R.S. drive”: Standard, Sport e Sport+ com o ESP desligado.

Por fora, as principais diferenças visuais ficam por conta dos novos para-choques (dianteiros e traseiros), rodas 195/55 R16 com acabamento ‘Black Aluminium’ (opcional rodas 205/45 R17), saias laterais, do spoiler traseiro, dupla saída do escapamento,  espelhos retrovisores na cor preta brilhante e inscrição R.S. abaixo do logotipo Renault na grade dianteira e também na tampa traseira.

O interior é inspirado em um cockpit, com pedaleiras de alumínio, além de bancos e volante esportivos exclusivos. As cores e grafismos do painel de instrumentos são específicos da versão R.S., as saídas de ar ganharam detalhes na cor vermelha e os puxadores das portas são na cor Dark Metal.

timthumb

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.