Iguaçuenses vencem primeira etapa do Campeonato Paranaense de Slackline 2016

Os iguaçuenses Hallan Garcia, 21 anos, e Ana Carolina Andrade, 17, foram os vencedores da primeira etapa do Campeonato Paranaense de Slackline 2016, disputada no domingo (21) no Centro Náutico Marinas, em Guaíra. A competição integrou o Festival Itaipu Slack SUP Day e a última fase do Projeto Mais Verão 2016. O evento é promovido pela Itaipu e pela Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia (Adere).

Atletas da equipe Adere Slack Foz, Hallan e Ana garantiram os primeiros lugares nas categorias Elite Masculino e Feminino após demonstrarem mais habilidade e desenvoltura sobre a fita. Na competição, a arbitragem também avaliou a amplitude, o grau de dificuldade das manobras, a técnica e o estilo de cada competidor.

“Fico muito feliz porque este é meu maior desafio. Treinar é uma coisa, mas competir e estar no meio das pessoas é sempre mais difícil”, disse Ana Carolina, que vencera a edição de 2015. “Geralmente eu fico muito nervosa, mas desta vez fiquei mais à vontade porque conhecia a galera”.

“Minha participação foi bem além das minhas expectativas”, comentou Hallan, que vem de uma lesão no tornozelo. ”Pretendo focar mais nos treinos, porque o nível de dificuldade do Campeonato Paranaense está cada vez mais alto, e os atletas estão evoluindo muito também”, declarou. Hallan, que também faturou o campeonato em 2015, é, hoje, um dos 20 melhores atletas de slackline do mundo.

O segundo colocado na categoria Elite foi David André Moreira Santos, de Curitiba. O terceiro lugar ficou com Anderson Pupo, o Lagartixa, de Arapongas. No Feminino, as atletas Dalva Machado e Sarinha Peniaski, ambas de Foz do Iguaçu, conquistaram o segundo e o terceiro lugar respectivamente. O curitibano Felipe Arakawa levou o prêmio de atleta-revelação do campeonato.

A primeira etapa da competição já é considerada a maior do Brasil e a com mais atletas do mesmo estado inscritos: 30. “O evento prova que o trabalho desenvolvido pela Adere e a Itaipu vem surtindo efeito”, destacou Raby Khalil, presidente da Adere.

Stand-Up Paddle

Além da competição de slackline, o Festival Itaipu Slack SUP Day ofereceu oficinas de stand-up paddle (SUP) para iniciantes no Rio Paraná. Centenas de moradores, especialmente crianças e jovens, participaram das atividades durante todo o sábado e domingo. “Os moradores não conheciam o esporte e eles curtiram muito. Nossa intenção era exatamente essa, fazer com que as pessoas se interessem e criar uma rede de conexão com o esporte, o turismo e o fomento de negócios”, afirmou o secretário-executivo da Adere, Tacius Lima.

Próximos eventos

O Festival Itaipu Slack SUP Day foi encerrado na noite de domingo com a premiação dos atletas e shows do grupo de rap Terceiro Milênio e da banda Bob Kurupi, de Foz do Iguaçu. A organização ainda não divulgou a cidade onde será disputada a segunda etapa do campeonato, mas adiantou que ocorrerá ainda no primeiro semestre. A terceira e última etapa acontecerá em Curitiba, no segundo semestre do ano.

Fotos: Marcos Labanca

imprensa.itaipu@cliptime.com.br

Ana Carolina Andrade - Foto Marcos Labanca (1) red David (2), Hallan (1) e Lagartixa (3) Hallan Garcia- Foto Marcos Labanca (1) Sarinha, Ana Carolina e Dalva Machado Sup - Foto Marcos Labanca (2)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.