Pato Branco terá a primeira secretaria do município 100% integrada ao sistema BI

Pato Branco, no Sudoeste do Paraná, que já é reconhecidamente um dos mais fortes e importantes polos tecnológicos do Estado, inova mais uma vez: a Prefeitura está prestes a concluir a primeira secretaria do município que fornece 100% das informações por meio do sistema BI (Business Intelligence).
 
O termo ainda é recente para o ambiente do poder público no geral, mas retrata, em forma de dados e gráficos, o desejo de muitos gestores inovadores que investem em tecnologia e na implantação das cidades digitais: visualizar na tela do computador, a um clique, informações detalhadas para a tomada de decisão. 
 
Tão inovadora quanto à proposta, é a intenção do município, com seus 80 mil habitantes, em disponibilizar esses resultados à população, no portal da Prefeitura e em um painel na principal praça e já conectada com wi-fi livre da cidade. 
 
O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Geri Dutra, explica que 90%  do sistema na Saúde está concluído e já fornece informações em tempo real, dando o panorama geral da pasta. As próximas secretarias a integrarem o conceito em seus sistemas devem ser Agricultura e Ação Social.
 
“Além de conseguir perceber distorções e já verificá-las, se consegue ter todo esse processo na mão do gestor”, observa ele, acrescentando que o município finaliza a compra de um primeiro totem para disponibilizar as informações, por meio do BI, para acompanhamento da população. 
 
Com as informações através do BI, explica ele, é possível acompanhar o trabalho de cada departamento, desde atendimentos, valores, reclamações, chamados, entre outros. O sistema representa que Pato Branco está cada vez mais avançando na implantação de “inteligência” na gestão pública, o que só é possível desde que haja infraestrutura de redes, boa conexão de internet e, claro, vontade política para se fazer coisas que revertam em melhoria da gestão pública e maior interação entre o poder público e a sociedade. “Os próprios servidores percebem que o trabalho ficou muito melhor. E trata-se de um trabalho muito importante para o planejamento e realização de ações futuras”.
 
Neste sentido, o Município investiu no uso de fibra óptica e atualmente os 130 pontos da administração são interligados. 
 
O secretário destaca ainda que uma série de linhas trabalhadas, aliadas à infraestrutura da cidade, é o que fez Pato Branco despontar e pensar em ações com foco na  cidade inteligente. Aliás, a evolução é dinâmica e constante. Câmeras de vídeo monitoramento, prontuário eletrônico e agendamento de consultas online são algumas das iniciativas digitais implantadas em Pato Branco.
 
Além disso, as disciplinas de robóticas, o uso dos tablets nas escolas e parcerias com universidades para qualificação profissional da comunidade são outros exemplos que demonstram como uma cidade inovadora pensa no desenvolvimento com tecnologia. 
 
Pioneiro – O DNA inovador da localidade já despontava no início da década de 80 com a realização de um primeiro curso de processamento de dados. Desde então, o crescimento no setor tecnológico não parou e atualmente concentra grandes empresas, incubadoras e está organizada, por meio de entidades, com um conselho municipal de tecnologia, além de estar inaugurando a base do parque tecnológico. Em 2013, Pato Branco criou a primeira Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Paraná. 
 
Desde então vem promovendo grandes eventos voltados para o público ligado à tecnologia. Destaque para a feira Inventum que reuniu cerca de 60 mil visitantes em novembro de 2015. Em 2017, Pato Branco articula a realização da Campus Party no município. 
 
Cidades Digitais – Não à toa, Pato Branco sediará em 25 de fevereiro o II Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste, evento que tem por objetivo fomentar o crescimento dos municípios da região através de investimentos nas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). O evento é organizado pela Prefeitura Municipal em parceria com a Rede Cidade Digital e a Associação dos Municípios do Sudoeste (Amsop), e apoiada ainda por entidades como Acampar, Acamsop e Agência de Desenvolvimento do Sudoeste. Conta com o patrocínio prata da Ampernet Telecom e bronze da Huner TI Colaborativa. 
 
As inscrições são gratuitas para servidores públicos e devem ser feitas pelohttp://forum.redecidadedigital.com.br
<imprensa@redecidadedigital.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.