Plástica nas bochechas está entre as cirurgias preferidas dos brasileiros

O Brasil lidera o ranking de cirurgias plásticas no mundo, segundo dados da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS). No País, uma cirurgia com nome um pouco diferente, está tomando espaço entre as preferidas dos brasileiros: a bichectomia. O nome deriva das “bolas de bichat”, que são as bolsas de gordura que ficam na bochecha, retiradas nessa cirurgia.

Segundo o médico cirurgião plástico Tiago Ribeiro, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o resultado desse procedimento é um rosto mais fino, que ocasiona diferentes sensações: “A pessoa pode se sentir mais magra, mais delicada, mais autoconfiante. Tudo depende do motivo que a levou para a cirurgia”, explica o médico.

Procedimento Cirúrgico

Nessa cirurgia, o médico realiza um corte que pode variar entre um e três centímetros na parte interna da boca e retira as bolsas de bichat. Não há nenhuma cicatriz que apareça externamente. O procedimento pode ser feito com anestesia local e dura em média uma hora.

Quem pode fazer a Bichectomia?

Quem se interessar por este procedimento deve ter primeiramente, uma conversa franca com o médico de confiança. “Como a cirurgia pode afinar em até 70% de espessura, isso significa uma grande mudança no formato do rosto da paciente. Portanto, todas as dúvidas devem ser tiradas antes do procedimento”, explica Ribeiro. Também são realizados diversos exames pré-operatórios que poderão ou não, apontar riscos para a cirurgia.

Pós-Operatório

Após a cirurgia, o local pode ficar um pouco dolorido e até mesmo com a cor roxa, o que é considerado normal por conta do procedimento. O indicado, de maneira geral, são compressas frias para diminuição do inchaço. A alimentação mais líquida também é necessária por cerca de dez dias, assim como a rotina de trabalho e de atividades físicas deve ser retomada após esse período.

Sobre Tiago Ribeiro
Cirurgião Plástico especialista pelo Hospital Santa Marcelina, de São Paulo, Tiago André Ribeiro é graduado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). É membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Atende nas cidades de Toledo e Marechal Cândido Rondon, no Paraná. Mais informações no site: www.clinicatiagoribeiro.com.br. (agencia@casadenoticias.com.br)

314189b4-4142-4445-bd5b-172543e3f34f

1 Comentário

  1. Que interessante, não conhecia esse procedimento. Recentemente fiz um lifting facial na Master Health e gostei muito do resultado que obtive.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.