RPC participa de produção do Globo Repórter na Ilha de Superagui para edição sobre comunidades isoladas

As emissoras da TV Globo no Rio de Janeiro e em Minas Gerais e a RPC farão parte de uma produção do Globo Repórter sobre a realidade de comunidades que vivem isoladas, praticamente sem comunicação com grandes centros. A produção está prevista para ser exibida no final de fevereiro.

No Paraná, a Ilha de Superagui foi a região escolhida. “Fomos a várias comunidades de pescadores que têm uma vida muito próxima à natureza. Esses locais são considerados um paraíso para muitas pessoas, mas também podem representar uma vida de privações, pelo isolamento e distanciamento dos centros urbanos”, conta o chefe do núcleo de optativos da RPC, Norberto Oda.

A reportagem paranaense envolveu, além de Norberto, a repórter Dulcinéia Novaes, os cinegrafistas Rafael Trindade, Edi Carlos da Silva e Rubens Vandresen;  do Globo Repórter no Rio de Janeiro estão a produtora Anarita Mendonça e Roberto Cavalcanti, responsável pela edição de imagens.

 

Sobre a RPC:

A RPC é uma empresa que faz parte do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM), com suas oito emissoras de TV afiliadas à Rede Globo no Paraná. A emissora é líder em audiência e pioneira na transmissão da TV Digital na região Sul do país. Com tecnologia de ponta, disponibiliza uma programação de qualidade e diversificada para toda a população do Paraná. Também fazem parte do GRPCOM os jornais Gazeta do Povo e Tribuna, o portal de notícias ParanáOnline, as Rádios 98FM, Mundo Livre FM Curitiba e Maringá, a unidade móvel de produção em alta definição HDView e o instituto de responsabilidade social, o Instituto GRPCOM.  <raquelp@grpcom.com.br>

rpc1 rpc2

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.